Mercado abrirá em 8 h 29 min
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,32 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -909,02 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,78
    +0,64 (+0,75%)
     
  • OURO

    1.836,10
    +4,30 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    35.282,48
    +378,13 (+1,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    815,88
    +573,20 (+236,20%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,03 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.691,49
    -274,06 (-1,10%)
     
  • NIKKEI

    27.371,11
    -151,15 (-0,55%)
     
  • NASDAQ

    14.540,75
    +114,25 (+0,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1782
    -0,0118 (-0,19%)
     

Ministério da Saúde assina compra de 100 milhões de doses da Pfizer para 2022

·1 min de leitura

BRASÍLIA — O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assinou nesta segunda-feira um contrato de compra de 100 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 da Pfizer para 2022. Ele oficializou a aquisição durante um evento no Hospital Matargão Gesteira, em Salvador, ao lado do ministro da Cidadania e pré-candidato ao governo da Bahia, João Roma, e do prefeito de Salvador, Bruno Reis.

A Pfizer informou que as doses serão entregues por meio de uma programação mensal a partir de janeiro de 2022. A previsão do ministério em janeiro já comece a receber as primeiras unidades e que, até março, 20 milhões doses de Pfizer estarão disponíveis no Brasil.

Em nota, a Pfizer esclareceu que “como parte do acordo, o governo também tem a opção de aumentar a remessa em até 50 milhões de vacinas adicionais, elevando o número total de doses potenciais para 150 milhões em 2022”. Outros detalhes do acordo não foram compartilhados.

Últimas ações da Pfizer

Recentemente, a Pfizer tem buscado ampliar o público da vacina. No início de novembro a empresa enviou o pedido para incluir crianças de 5 a 11 anos da bula da vacina contra a Covid-19 para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A agência tem um prazo de 30 dias para responder ao pedido. Além disso, na última quarta-feira, a Anvisa aprovou a inclusão da dose de reforço da Pfizer na bula da vacina para pessoas a partir de 18 anos que tenham tomado duas doses.

A Pfizer também anunciou, na última sexta-feira, que está estudando urgentemente a eficácia do imunizante contra a variante B.1.1.529 detectada na África do Sul.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos