Mercado fechado
  • BOVESPA

    126.285,59
    +1.673,56 (+1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.344,11
    +433,58 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,40
    +0,01 (+0,01%)
     
  • OURO

    1.807,20
    +7,50 (+0,42%)
     
  • BTC-USD

    40.021,27
    +706,14 (+1,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    938,33
    +8,40 (+0,90%)
     
  • S&P500

    4.400,64
    -0,82 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    34.930,93
    -127,59 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.985,00
    -26,50 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0668
    +0,0083 (+0,14%)
     

Mineral raro típico de meteoritos é encontrado em rochas da Bacia do Mar Morto

·3 minuto de leitura
Mineral raro típico de meteoritos é encontrado em rochas da Bacia do Mar Morto
Mineral raro típico de meteoritos é encontrado em rochas da Bacia do Mar Morto

Um mineral raro chamado alabogdanita, que antes era encontrado apenas em meteoritos, foi identificado em rochas da Terra pela primeira vez. A descoberta aconteceu em uma formação sedimentar não muito longe da costa do Mar Morto, por uma equipe de pesquisadores liderada pelo cristalógrafo Sergey Britvin, da Universidade de São Petersburgo, na Rússia.

Vista geral de uma amostra da bacia de Hatrurim. Esquerda: seção transversal polida mostrando grãos de alabogdanita e barringerita (seixos brancos). Direita: o mesmo fragmento mostrando grãos de alabogdanita (cores misturadas) e barringerita (amarelo). Imagem: Mineralogical Society of America
Vista geral de uma amostra da bacia de Hatrurim. Esquerda: seção transversal polida mostrando grãos de alabogdanita e barringerita (seixos brancos). Direita: o mesmo fragmento mostrando grãos de alabogdanita (cores misturadas) e barringerita (amarelo). Imagem: Mineralogical Society of America

A alabogdanita era desconhecida da ciência até quase 30 anos atrás, depois que fragmentos de um pequeno meteorito de ferro foram recuperados do rio Bolshoi Dolguchan no leste de Yakutia, na Rússia, em 1994.

Uma amostra dos fragmentos posteriormente revelou a presença de uma nova estrutura mineral ocorrendo à medida que finas camadas de cristais se espalhavam pela mistura de plessita do meteorito. Os descobridores o nomearam em homenagem à geóloga russa Alla Bogdanova.

Desde então, a alabogdanita vinha sendo encontrada em outros meteoritos também, sugerindo que o mineral raro pode não ser tão exclusivo quanto se acreditava.

De qualquer forma, o fato de ser encontrado apenas em rochas que caem do céu ainda seria um status muito especial, que, pelo visto, já não pertence à alabogdanita.

Descoberta do mineral raro aconteceu no deserto de Negev, em Israel

De acordo com o site Science Alert, os cientistas relatam que a descoberta de alabogdanita aconteceu no deserto de Negev, em Israel, localizado a sudoeste do Mar Morto. “A descoberta do polimorfo de alta pressão de (Fe, Ni)2P, nas rochas pirometamórficas superficiais da Formação Hatrurim (a Zona Mosqueada) ao redor da bacia do Mar Morto em Israel é a primeira ocorrência terrestre de um mineral anteriormente encontrado apenas em meteoritos de ferro”, explica a equipe.

Os responsáveis pela pesquisa, que foi publicada no periódico científico American Mineralogist, acreditam que, embora o mineral localizado no Mar Morto possa não vir do espaço sideral, ainda é possível que tenha se originado em algum tipo de evento extraterrestre.

Leia mais:

A análise da amostra de Hatrurim – e experimentos explorando como ela faz a transição de seu estado polimorfo de baixa pressão, o mineral barringerita – sugere que a alabogdanita terrestre só se forma sob pressão extremamente alta: mais de 25 gigapascais.

“Essas altas pressões na Terra podem ser obtidas durante colisões catastróficas com grandes impactadores de meteoritos, ou nas condições do manto da Terra, a uma profundidade de mais de 500 km”, disse Britvin.

Outras ocorrências de alabogdanita são necessárias para entender o surgimento desse mineral raro na Terra

No entanto, como não há evidências de grandes colisões de meteoritos na região – nem qualquer sinal de que as rochas na Zona Mosqueada tenham laços profundos com o manto da Terra – não está exatamente claro como essa alabogdanita terrestre surgiu.

Segundo os cientistas, se for possível localizar outras ocorrências de alabogdanita terrestre, eles poderão ter bases para prosseguir. “Mas, até que possamos encontrar outra fonte desse mineral incomum na Terra, é difícil dizer mais a respeito”, conclui a equipe.

Sendo assim, a origem da alabogdanita terrestre nas rochas da Zona Mosqueada permanece sem solução e aumenta o número de enigmas mineralógicos desse complexo metamórfico incomum.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos