Mercado abrirá em 6 h 51 min
  • BOVESPA

    106.924,18
    +1.236,18 (+1,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.579,90
    +270,60 (+0,55%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,07
    -1,42 (-1,29%)
     
  • OURO

    1.807,10
    -1,10 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    30.073,18
    +302,69 (+1,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    675,01
    -6,10 (-0,90%)
     
  • S&P500

    4.023,89
    +93,81 (+2,39%)
     
  • DOW JONES

    32.196,66
    +466,36 (+1,47%)
     
  • FTSE

    7.418,15
    +184,81 (+2,55%)
     
  • HANG SENG

    19.972,39
    +73,62 (+0,37%)
     
  • NIKKEI

    26.556,89
    +129,24 (+0,49%)
     
  • NASDAQ

    12.320,25
    -62,50 (-0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2529
    -0,0062 (-0,12%)
     

Mineradores com estoque de Bitcoin faturam no mercado de opções

(Bloomberg) -- Os mineradores de Bitcoin implementam sua própria versão da estratégia de gerar rendimentos com criptomoedas chamada “yield farming”, mas com um toque de finanças tradicionais.

Os mineradores de capital aberto acumulam tokens para tornar suas ações mais atraentes para investidores que buscam exposição aos ganhos do Bitcoin. Mas essas empresas têm muitos gastos. Resolver quebra-cabeças criptográficos para gerar novas moedas requer equipamentos de computação caros e contas de energia gigantescas.

Em vez de vender Bitcoin para arrecadar dinheiro, empresas como Marathon Digital Holdings começaram a vender opções de compra de Bitcoin para gerar rendimentos com suas carteiras, uma estratégia comum em finanças convencionais.

“Os mineradores de Bitcoin são alguns dos buscadores de rendimento mais vorazes do mercado hoje”, disse Joshua Lim, chefe de derivativos da corretora Genesis Global Trading com sede em Nova York, que oferece estratégias de subscrição de opções para o setor.

Segredo das opções

As empresas exploram um segredo aberto do mercado de opções: os contratos frequentemente expiram sem valor. Quando isso acontece, o proprietário do contrato não recebe nada, e quem vendeu o contrato - neste caso, um minerador de Bitcoin - fica com o que o comprador pagou.

O Bitcoin agora é negociado em torno de US$ 39.000. Se um minerador vender uma opção de compra com um preço de exercício de US$ 50.000 e o Bitcoin não subir para esse nível no momento em que o contrato expirar, o minerador ganha dinheiro. Dependendo do negócio, os retornos anuais, ou yields, podem chegar a porcentagens de dois dígitos, de acordo com Lim.

Mas a estratégia não é isenta de riscos. Se o Bitcoin atingir o preço de exercício, os mineradores começam a perder dinheiro. Esse risco pode ser mitigado negociando vários contratos com diferentes preços de exercício, mas é algo que deve ser levado em consideração.

Os mineradores de capital aberto procuram estratégias de geração de rendimento para financiar sua rápida expansão sem emitir novas ações ou dívidas. Outros blockchains, principalmente o segundo maior, Ethereum, têm inúmeras maneiras de gerar renda, muitas das quais se enquadram no “yield farming”, uma estratégia popular, mas às vezes ridicularizada.

“Usamos opções casadas de compra, onde essencialmente você vende uma opção de compra e depois compra uma a um preço mais alto para não perder na alta”, disse Fred Thiel, CEO da Marathon com sede em Las Vegas. “Historicamente, tem gerado mais de 10% ao ano.”

Thiel visa gerar rendimento com 25% da carteira da empresa, usando outras formas também, como emprestar Bitcoin.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos