Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,26
    -0,04 (-0,05%)
     
  • OURO

    1.776,70
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    34.641,18
    +1.204,43 (+3,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    837,58
    +50,96 (+6,48%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.109,97
    +35,91 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    28.882,46
    +65,39 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    28.875,23
    +0,34 (+0,00%)
     
  • NASDAQ

    14.358,75
    +4,50 (+0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8625
    -0,0660 (-1,11%)
     

Mineração de criptomoedas: gigante Bitmain pode agravar crise dos chips

·2 minuto de leitura

A empresa de mineração de criptomoedas Bitmain pode gerar ainda mais escassez no mercado de chips, depois de fazer um pedido pelo chip de 5 nm para a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company TSMC.

Bitmain está procurando aumentar sua eficiência e velocidade na mineração de criptomoedas, provavelmente devido à recente alta do Bitcoin (BTC) e da Ethereum (ETH).

A TMSC iniciará a fabricação dos chips ainda este ano e espera terminar a produção no início de 2022. Não se sabe quanto do suprimento da empresa foi comprado pela Bitmain, mas a foi previsto um aumento em sua produção de chips de 55.000 para 60.000 peças, e de wafer por mês para 110.000 a 120.000.

Escassez de chips

A escassez de chips no mercado começou em janeiro de 2021, quando a demanda global por semicondutores superou enormemente a sua oferta. Isso afeta uma série de indústrias, desde brinquedos infantis, tecnologias e até a indústria automotiva.

A líder da empresa de semicondutores McKinsey, Ondrej Burkacky, disse que a falta de chips é um problema universal e pode levar à impossibilidade de criar alguns produtos. “Em algum momento, os consumidores serão afetados pela crise do chip”, disse ela, acrescentando:

“A alta temporada de produtos eletrônicos de consumo será no terceiro e no quarto trimestre, e pode haver escassez de vários produtos durante esse período.”

No momento, a Apple continua sendo a maior consumidora dos chips produzidos pela TSMC, que são utilizados para fazer o iPhone 12, o iPad Air e o iPad Pro.

Demanda global

Apesar dos esforços dos fabricantes de chips para acompanhar a alta demanda, a procura global pelos chips tem sido enorme. As vendas de chips alcançaram US$ 40 bilhões em janeiro de 2021, o que representa um aumento de 13,2% em relação ao mesmo período em 2020.

O aumento da demanda é provavelmente devido à pandemia. Os chips são usados na fabricação de tecnologias que vão de laptops a televisores e, com muito mais pessoas trabalhando em casa ou utilizando mais esses produtos para diversão, a necessidade desses dispositivos disparou.

Enquanto isso, um novo relatório sobre a indústria de mineração de criptomoedas indicou que este mercado pode crescer US$ 2,8 bilhões até 2024. O relatório também afirmou que a mineração provavelmente aumentará como resultado de um número crescente de grandes espaços de mineração, lançamentos de produtos e hardware dedicados a este atividade.

O artigo Mineração de criptomoedas: gigante Bitmain pode agravar crise dos chips foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos