Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.577,33
    -557,02 (-1,16%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,61%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -226,75 (-1,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Minas Gerais planeja evento sobre Bitcoin após crescentes casos de pirâmides

·2 minuto de leitura
Fachada do Ministério Público de Minas Gerais
Fachada do Ministério Público de Minas Gerais

O Ministério Público de Minas Gerais organizou um evento para os próximos dias que irá debater sobre o Bitcoin e os golpes envolvendo a imagem deste setor.

No próprio estado, alguns crimes recentes foram descobertos com a imagem do Bitcoin, sendo a operação mais recente denominada “Operação Mercador de Ilusões” — um esquema que movimentou mais que R$ 30 milhões.

Outra caso que chamou atenção no estado mineiro recentemente também foi sobre um líder de uma criptomoeda chamada Time Cash, que teria aplicado golpes entre 2019 e 2020. Ao solicitar ao STF sua liberdade, o Ministro Alexandre de Moraes acabou mantendo sua prisão.

De todo modo, Minas Gerais não está sozinha: essas fraudes financeiras seguem chamando atenção das autoridades, uma vez que outros golpes, também envolvendo o Bitcoin, seguem chamando atenção no país.

Ministério Público de MG planeja evento sobre Bitcoin e criptomoedas

No judiciário brasileiro, a jurisprudência, através da Súmula n.º 498 do Supremo Tribunal Federal, já disciplina que a competência das pirâmides financeiras é da justiça estadual.

Dessa forma, o ministério público de cada estado é responsável por apoiar as investigações e participar ativamente do processo de prisão de empresas e pessoas suspeitas de operarem tais crimes.

De todo modo, o Ministério Público do Estado de Minas Gerais já planeja um evento para lidar sobre o tema do Bitcoin, que tem sido associado a golpes de investimentos.

O evento acontecerá durante a “Semana do MP 2021”, tendo início no próximo dia 13 de setembro.

“Este ano, o Ministério Público lança olhares para o futuro, a fim de continuar defendendo a sociedade em meio às transformações em curso e aos desafios tecnológicos.”

Assim, no dia 15 de setembro, o MP discutirá sobre o Bitcoin em um painel chamado “Novas Ferramentas no Combate Aos Ilícitos Envolvendo Criptoativos”, que contará com a presença de uma servidora do Ministério Público Federal e outro do MPSP.

O debate irá expor o “surgimento do Bitcoin no mundo e o seu funcionamento”, tendo a apresentação de Adriana Shimabukuro, servidora do MPF.

Após a exposição mencionada, Leonardo Gomes dos Santos, que trabalha no Núcleo de Operações com criptomoedas no MPSP, falará sobre “Catalisadores para a prática de ilícitos envolvendo criptoativos e a possibilidade de rastreamento”.

O debate entre os especialistas será moderado por Paula Ayres Lima, coordenadora do GAECO do MPMG.

O evento será apresentado pelo Zoom, que está com inscrições abertas.

Cursos sobre Bitcoin na esfera pública brasileira

Com vários golpes e atividades ilícitas com a imagem do Bitcoin sendo descobertas no Brasil, a esfera pública começa a se mobilizar para fazer capacitações sobre o tema.

Para se ter ideia da preocupação, recentemente uma cooperação internacional foi feita entre juízes federais brasileiros e magistrados dos Estados Unidos visando compartilhar informações sobre golpes e suspeitas no criptomercado.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos