Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    48.299,07
    -6.745,03 (-12,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Minério de ferro tem sequência recorde de perdas mensais

·2 min de leitura

(Bloomberg) -- Os contratos futuros do minério de ferro estão prestes a concluir um quarto mês de quedas. A menor produção de aço e a aversão a risco nos mercados de commodities em geral abalou as cotações dessa matéria-prima da indústria siderúrgica.

Most Read from Bloomberg

A promessa da China, maior fabricante mundial de aço, de restringir o volume produzido este ano afetou profundamente a demanda de minério neste segundo semestre. Segundo projeções de bancos, limites à produção — incluindo o mais recente aplicado na cidade de Tangshan em uma tentativa de reduzir as emissões poluentes — levarão a tonelada de minério de ferro a US$ 100. Uma demorada crise de energia, que provoca alta volatilidade nos preços do carvão, também impactou o sentimento nos mercados de metais e minério de ferro.

“Os fundamentos do mercado de minério de ferro ainda estão fracos”, afirmaram analistas da Everbright Futures em relatório. “Recentes colapsos no preço do carvão arrastam todo o conjunto de produtos ferrosos e as usinas em Tangshan sofreram cortes de produção de 30% em média, em meio as novas restrições.”

A produção de aço em outubro deve recuar ainda mais após o volume de setembro atingir o menor nível desde 2017, segundo pesquisa da Associação de Ferro e Aço da China.

A desvalorização do minério de ferro prejudica as grandes mineradoras. A Vale divulgou ganhos abaixo do esperado devido a quedas nos preços do minério e aumento nos custos de energia e transporte. Na Austrália, as ações da BHP Group e da Rio Tinto Group sofreram um terceiro mês de depreciação.

A indústria de transformação da China provavelmente voltou a encolher em outubro, em meio à escassez de eletricidade e aos preços elevados das commodities. O Escritório Nacional de Estatísticas divulga os dados às 9 horas da manhã de domingo em Pequim. A demanda por alguns produtos siderúrgicos, como bobinas laminadas a quente, vem principalmente da indústria de transformação.

Metais básicos

O índice de seis contratos da Bolsa de Metais de Londres segue rumo a uma segunda queda semanal com a intensificação dos sinais de desaceleração na China, junto com repetidos surtos da Covid-19 e turbulências no setor imobiliário do país.

O alumínio, que é altamente intensivo em energia, puxou as perdas recentes após atingir a maior cotação em 13 anos no início do mês. Decisões de Pequim para combater a crise de eletricidade e derrubar os preços do carvão devem aliviar as pressões de custo para as fundições, mas o menor crescimento econômico e mais medidas de racionamento de energia podem atingir a demanda.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos