Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.114,16
    -2.601,84 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.808,56
    -587,38 (-1,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,34
    -2,40 (-3,05%)
     
  • OURO

    1.629,30
    -26,30 (-1,59%)
     
  • BTC-USD

    19.108,02
    +179,38 (+0,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    438,96
    +5,86 (+1,35%)
     
  • S&P500

    3.655,04
    -38,19 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    29.260,81
    -329,60 (-1,11%)
     
  • FTSE

    7.020,95
    +2,35 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    17.855,14
    -78,13 (-0,44%)
     
  • NIKKEI

    26.431,55
    -722,28 (-2,66%)
     
  • NASDAQ

    11.315,50
    -61,25 (-0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1790
    +0,0814 (+1,60%)
     

Minério de ferro tem melhor semana desde fim de julho com compra impulsionada por usinas

Trabalhador em siderúrgica em Changzhi

Por Mai Nguyen

(Reuters) - Os preços do minério de ferro chinês registraram nesta sexta-feira seu melhor ganho semanal em quatro semanas, com as siderúrgicas aumentando as compras em meio aos baixos estoques e na esperança de uma melhor demanda do usuário final quando as condições climáticas melhorarem.

O minério de ferro mais negociado para janeiro na Dalian Commodity Exchange encerrou com alta de 3%, a 735 iuanes (107,10 dólares) a tonelada. Na base semanal, a alta foi de 6,4%, a caminho de seu maior ganho desde 29 de julho.

Na Bolsa de Cingapura, o contrato de outubro mais negociado subiu 2,5% para 105,60 dólares a tonelada, enquanto o minério de ferro spot para entrega à China avaliado pela SteelHome subiu 2 dólares, para 107,50 a tonelada, nesta sexta-feira.

"O mercado está melhor do que antes. Agora as siderúrgicas mantêm estoques muito baixos. Quando a temperatura cair, a demanda dos usuários finais voltará... pode ser em 1-2 meses. Haverá mais demanda por matérias-primas", disse um trader sediado na China.

A China experimentou um calor recorde e prolongado em muitas regiões, prejudicando as atividades de construção que consomem uma grande quantidade de aço, enquanto os cortes para preservar a energia elétrica também prejudicaram as empresas industriais.

Autoridades da China disseram na quarta-feira que aumentariam o apoio financeiro a projetos de infraestrutura, o que aumentaria a demanda por aço, dias depois de reduzir as taxas, em esforços para reviver uma economia afetada pela Covid-19.

O trader disse esperar que os preços do minério de ferro flutuassem em torno dos níveis atuais, potencialmente aumentando em mais 10 dólares por tonelada, mas as direções dos preços provavelmente dependerão da política de estímulo do governo chinês.

(Por Mai Nguyen em Hanói)