Mercado fechará em 1 h 24 min

Minério de ferro tem maior salto semanal em 3 meses na China

Por Enrico Dela Cruz
·1 minuto de leitura
Escavadeira gigante em mina da Fortescue na Austrália
Escavadeira gigante em mina da Fortescue na Austrália

Por Enrico Dela Cruz

MANILA (Reuters) - Os contratos futuros do minério de ferro terminaram em queda nesta sexta-feira, mas o referência de Dalian registrou seu maior ganho semanal em três meses, na esperança de uma demanda robusta pela matéria-prima siderúrgica, uma vez que os estoques de aço da China diminuíram.

O minério de ferro na Bolsa de Commodities de Dalian fechou a sessão com queda de 0,8%, a 832,50 iuanes (125,67 dólares) a tonelada. Ele ganhou 5,3% na semana, sua maior alta semanal desde o início de agosto.

A demanda firme de aço dos usuários finais impulsionou os preços esta semana, com o minério de ferro spot atingindo uma máxima de quatro semanas de 124,50 dólares a tonelada na quinta-feira --tendo recuado 50 centavos nesta sexta-feira--, de acordo com a consultoria SteelHome.

Os estoques dos cinco principais produtos acabados de aço na China, maior produtor e consumidor mundial de metais ferrosos, caíram esta semana para 5,2 milhões de toneladas, de acordo com pesquisa da consultoria Mysteel com 184 usinas.

"Esta semana, a velocidade de desestocagem (do aço) excedeu 1 milhão de toneladas", acelerando em relação aos níveis de outubro, disseram analistas da Sinosteel Futures em nota.