Mercado abrirá em 7 h 38 min
  • BOVESPA

    114.177,55
    -92,52 (-0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    55.164,01
    +292,65 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,39
    +0,38 (+0,47%)
     
  • OURO

    1.923,90
    -6,10 (-0,32%)
     
  • BTC-USD

    22.815,05
    -349,17 (-1,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    516,65
    -10,53 (-2,00%)
     
  • S&P500

    4.060,43
    +44,21 (+1,10%)
     
  • DOW JONES

    33.949,41
    +205,57 (+0,61%)
     
  • FTSE

    7.761,11
    +16,24 (+0,21%)
     
  • HANG SENG

    22.555,27
    -11,51 (-0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.365,71
    +2,96 (+0,01%)
     
  • NASDAQ

    12.032,50
    -74,25 (-0,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5106
    -0,0091 (-0,16%)
     

Minério de ferro supera US$120/t com impulso adicional de preocupações com a oferta

Minério de ferro no porto de Zhoushan, China

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro ampliaram os ganhos nesta quarta-feira, com o contrato de referência de Cingapura saltando acima de 120 dólares a tonelada para atingir uma nova máxima de seis meses, já que preocupações com a oferta adicionaram suporte aos preços já impulsionados pelas perspectivas de demanda na China.

Analistas disseram que os últimos dados mostrando menores volumes de embarque de minério de ferro, especialmente do Brasil, e queda nas chegadas de cargas na China, maior produtora mundial de aço, também estão elevando os preços do ingrediente siderúrgico.

O contrato de minério de ferro mais ativo na Dalian Commodity Exchange da China encerrou as negociações diurnas com alta de 1,6%, a 847,50 iuanes (125,14 dólares) a tonelada.

Na Bolsa de Cingapura, o minério de ferro de referência em fevereiro subiu 1,1%, para 121,30 dólares a tonelada.

"Os embarques da Vale (mineradora brasileira) caíram significativamente devido ao impacto da estação chuvosa", disseram analistas da Sinosteel Futures em nota.

A Vale, uma das maiores produtoras de minério de ferro do mundo, disse no mês passado que espera que a produção de 2023 atinja entre 310 milhões e 320 milhões de toneladas, estável em comparação com a previsão de produção do ano passado.

Os embarques globais de minério de ferro no primeiro trimestre devem cair também por causa dos programas de manutenção de minas e interrupções relacionadas ao clima, disseram analistas.

Enquanto isso, a Miner Ferrexpo disse que sua produção anual de pelotas de minério de ferro recuou devido a custos mais altos, restrições logísticas e interrupções causadas pela invasão russa à Ucrânia.

O minério de ferro de Dalian subiu mais de 40% em relação à mínima de novembro, enquanto os preços em Cingapura subiram mais de 3% este mês, impulsionados pela flexibilização dos controles pandêmicos da China e pelo apoio político à economia local.

(Por Enrico Dela Cruz em Manila)