Mercado fechado

Minério de ferro sobe conforme esperanças de reabertura na China persistem

Navio carregado com minério de ferro na Austrália

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro subiram nesta sexta-feira, solidificando seus ganhos semanais, impulsionados por apostas contínuas de que a China, maior produtora mundial de aço, aliviaria suas rígidas regras de Covid-19 no início do próximo ano, e ainda mais sustentados pela nova retórica pró-crescimento de Pequim.

O minério de ferro mais negociado em janeiro na Dalian Commodity Exchange da China encerrou as negociações diurnas com alta de 4,9%, a 662,50 iuanes (91,35 dólares) a tonelada, a caminho de seu primeiro aumento semanal em quatro semanas.

Em outubro, o minério de ferro de Dalian sofreu sua maior queda mensal em 22 meses devido principalmente a uma perspectiva sombria para a demanda chinesa pelo ingrediente siderúrgico.

Na Bolsa de Cingapura, o minério de ferro de referência de dezembro subiu 5,5%, a 86,20 dólares a tonelada.

A reversão do mercado nesta semana ocorre apesar da Comissão Nacional de Saúde da China ter dito na quarta-feira que o país deve se ater inabalavelmente à política de zero Covid, e as autoridades terem negado o conhecimento de um suposto comitê formado para avaliar a reabertura das fronteiras em março.

“Os rumores da saída da China da estratégia Covid-zero no primeiro trimestre de 2023 estão ganhando força, apesar de o governo os refutar”, disse Atilla Widnell, diretor administrativo da Navigate Commodities.

Além disso, nesta semana, os reguladores chineses declararam que o desenvolvimento econômico continua sendo uma prioridade, buscando acalmar os temores dos investidores estrangeiros de que a ideologia possa ter precedência quando o presidente Xi Jinping estender seu mandato e assumir o controle do novo Comitê Permanente do Politburo.

(Por Enrico Dela Cruz em Manila)