Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.031,98
    +267,72 (+0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.638,36
    -215,01 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,51
    -0,90 (-1,01%)
     
  • OURO

    1.794,00
    -4,10 (-0,23%)
     
  • BTC-USD

    24.060,18
    -224,57 (-0,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    570,81
    -19,95 (-3,38%)
     
  • S&P500

    4.297,14
    +16,99 (+0,40%)
     
  • DOW JONES

    33.912,44
    +151,39 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.509,15
    +8,26 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.040,86
    -134,76 (-0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.824,02
    -47,76 (-0,17%)
     
  • NASDAQ

    13.665,00
    -16,25 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1785
    0,0000 (0,00%)
     

Minério de ferro sobe com recuperação de lucros de empresas industriais na China

Terminal de minério de ferro no porto de Dalian, China

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - O minério de ferro atingiu uma nova máxima de duas semanas na bolsa de Dalian nesta quarta-feira, depois que dados mostraram que os lucros de empresas industriais na China se recuperaram no mês passado, embora problemas no setor imobiliário do país tenham mantido fracos os ganhos do ingrediente siderúrgico na bolsa de Cingapura.

O contrato de referência de minério, para entrega em setembro, na Dalian Commodity Exchange da China encerrou as negociações em alta de 2,4%, a 744,50 iuanes (110,11 dólares) a tonelada. No início da sessão, o minério atingiu seu nível mais alto desde 11 de julho, a 756 iuanes.

Na Bolsa de Cingapura, o minério de ferro mais negociado para setembro subiu 0,3%, a 112,45 dólares a tonelada, após uma alta de 14% nas últimas três sessões, indicando a diminuição do entusiasmo com as notícias de um fundo de resgate para desenvolvedores imobiliários chineses.

Os lucros das empresas industriais na China, maior produtora e consumidora de aço do mundo, voltaram a crescer em junho, impulsionados pela retomada da atividade nos principais polos manufatureiros. Mas as preocupações com o ressurgimento da Covid-19 lançaram sombras sobre a produção futura da fábrica.

Embora surjam mais sinais de recuperação econômica na China, também permanecem os temores de uma crise envolvendo os empreendedores imobiliários do país, apesar do fundo de resgate chinês planejado de até 300 bilhões de iuanes.

"É improvável que o mercado fique muito animado com uma resolução rápida" da crise imobiliária na China, disseram analistas do JPMorgan em nota.

(Por Enrico Dela Cruz em Manila)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos