Mercado abrirá em 2 h 24 min
  • BOVESPA

    113.430,54
    +1.157,53 (+1,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.564,27
    +42,84 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,09
    +0,22 (+0,28%)
     
  • OURO

    1.939,90
    -5,40 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    23.024,75
    +106,77 (+0,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    524,33
    +5,54 (+1,07%)
     
  • S&P500

    4.076,60
    +58,83 (+1,46%)
     
  • DOW JONES

    34.086,04
    +368,95 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.782,40
    +10,70 (+0,14%)
     
  • HANG SENG

    22.072,18
    +229,85 (+1,05%)
     
  • NIKKEI

    27.346,88
    +19,77 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.131,50
    -20,50 (-0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5249
    +0,0093 (+0,17%)
     

Minério de ferro sobe com otimismo contínuo sobre demanda da China

Trabalhador de siderúrgica na China

Por Matthew Chye

(Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro subiram nesta sexta-feira, com o contínuo otimismo sobre uma recuperação econômica na China, maior produtora mundial de aço, elevando o ânimo da demanda. Mas, no cômputo semanal, os futuros ainda registraram perdas devido a uma queda nos preços no início da semana.

O minério de ferro mais negociado para maio na Dalian Commodity Exchange da China encerrou as negociações diurnas com alta de 1,8%, a 865,0 iuanes (127,51 dólares) a tonelada.

Na semana, o contrato de Dalian mais negociado registrou uma queda de aproximadamente 1,6%, em grande parte devido a um recuo nos preços no início da semana, depois que o planejador estatal da China emitiu seu terceiro alerta este mês sobre especulação excessiva no mercado.

A Bolsa de Dalian estará fechada de 21 a 27 de janeiro para os feriados do Ano Novo Lunar. A negociação será retomada em 30 de janeiro.

Na Bolsa de Cingapura, o minério de ferro de referência de fevereiro subiu 1,8%, para 125,95 dólares a tonelada.

O sentimento está elevado, já que o otimismo quanto ao fortalecimento da demanda chinesa continua a aumentar.

O CEO da BHP, Mike Henry, disse que as políticas pró-crescimento da China, incluindo as do setor imobiliário, e a flexibilização das restrições da Covid-19 podem apoiar uma melhoria progressiva no segundo semestre do ano, apontou a ANZ Research em nota.

A China disse nesta sexta-feira que o pior já passou em sua batalha contra a Covid-19, antes do que se espera ser um dos dias de viagens mais movimentados em anos, um movimento em massa de pessoas que alimentou temores de um novo aumento de infecções.

(Por Matthew Chye)