Mercado abrirá em 4 h 20 min
  • BOVESPA

    106.419,53
    -2.295,02 (-2,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.206,59
    +372,79 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,49
    -1,16 (-1,37%)
     
  • OURO

    1.788,20
    -5,20 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    60.203,63
    -2.181,85 (-3,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.460,71
    -44,44 (-2,95%)
     
  • S&P500

    4.574,79
    +8,31 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.756,88
    +15,73 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.271,71
    -5,91 (-0,08%)
     
  • HANG SENG

    25.616,74
    -421,53 (-1,62%)
     
  • NIKKEI

    29.098,24
    -7,77 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.575,50
    +30,50 (+0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4602
    +0,0061 (+0,09%)
     

Minério de ferro sobe acima de 700 iuanes/t na bolsa de Dalian

·2 minuto de leitura
Caminhão em mina na Austrália

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros do minério de ferro chinês avançaram pela terceira sessão consecutiva nesta segunda-feira, subindo mais de 5%, acima do nível chave de 700 iuanes, enquanto o vergalhão de aço e as bobinas laminadas a quente subiram em meio aos controles de produção devido a cortes de energia.

Os futuros do minério de ferro de referência na Bolsa de Commodity de Dalian, para entrega em janeiro, subiram 5,3%, para 715 iuanes (110,57 dólares) por tonelada nas negociações da manhã, e fecharam em alta de 3,5%, para 703 iuanes por tonelada.

Os contratos futuros de minério de ferro de Cingapura subiram 1,7% para 120,35 dólares por tonelada.

Os preços do minério de ferro spot com teor de 62% para entrega na China subiram 4,5 dólares, para 117,5 dólares a tonelada nesta segunda-feira, de acordo com a consultoria SteelHome.

Analistas da GF Futures, no entanto, disseram que os ganhos nos preços dos ingredientes da siderurgia foram uma recuperação das perdas anteriores, mas não são sustentáveis, já que a demanda nas usinas continuou a diminuir.

Os preços do vergalhão de aço e das bobinas laminadas a quente na Bolsa de Futuros de Xangai também subiram devido às restrições à produção, já que as principais regiões produtoras de aço estão restringindo uso de energia.

A província de Jiangsu, no leste, uma das maiores produtoras de vergalhão, realizou inspeções em empresas com consumo anual de energia de mais de 50.000 toneladas de carvão padrão neste mês.

As bobinas laminadas a quente, usadas no setor de manufatura, fecharam em alta de 0,6% para 5.592 iuanes por tonelada.

Os futuros de carvão metalúrgico em Dalian caíram 0,2%, para 2.854 iuanes por tonelada, e o coque, fechou em queda de 3,4%, para 3.174 iuanes.

Os futuros de aço inoxidável na bolsa de Xangai despencaram 4,3%, para 20.415 iuanes por tonelada.

(Reportagem de Min Zhang e Shivani Singh)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos