Mercado abrirá em 3 h 46 min

Minério de ferro salta na China com queda em estoques e esperanças de estímulos

Por Enrico Dela Cruz

Por Enrico Dela Cruz

MANILA (Reuters) - Os futuros do minério de ferro na China atingiram o limite diário de alta nesta segunda-feira, à medida que estoques em queda nos portos indicaram que as usinas siderúrgicas têm aumentado o apetite pelo material e com o crescimento de expectativas de que a China divulgue novas medidas de estímulo à sua paralisada economia.

O minério de ferro negociado na bolsa de commodities de Dalian fechou com ganhos de 5,8%, a 653 iuanes (93,70 dólares), após ter tocado o limite diário de alta de 6% pouco antes do fechamento.

Os futuros na bolsa de Cingapura subiram até 5,6%.

As atividades industriais na China estão sendo gradualmente retomadas após um feriado prolongado de Ano Novo Lunar, quando paralisações e restrições a viagens foram implementadas para conter a disseminação de uma epidemia de coronavírus.

"A retomada das atividades está progredindo, embora ainda a um ritmo lento", disse o analista Richard Lu, da consultoria CRU em Pequim.

"Pequim aumentou seu apoio via política fiscal e monetária para pequenas e médias empresas e indivíduos de baixa renda para combater a epidemia, e esperamos mais medidas de flexibilização nos próximos meses", escreveram analistas da Nomura em nota.

Os estoques de minério de ferro importado nos portos chineses caíram para 126,95 milhões de toneladas em 28 de fevereiro, de 128,60 milhões em 21 de fevereiro, segundo a SteelHome.

No aço, o contrato do vergalhão na bolsa de Xangai avançou 2%.