Mercado abrirá em 5 h 45 min
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.220,83 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,61 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,67
    +1,17 (+1,90%)
     
  • OURO

    1.752,10
    +23,30 (+1,35%)
     
  • BTC-USD

    46.167,98
    +1.968,17 (+4,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    921,69
    -11,45 (-1,23%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,63 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    29.398,58
    +418,37 (+1,44%)
     
  • NIKKEI

    29.663,50
    +697,49 (+2,41%)
     
  • NASDAQ

    13.077,25
    +166,25 (+1,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7598
    +0,0015 (+0,02%)
     

Minério de ferro despenca na China com demanda fraca antes de feriado

·1 minuto de leitura

PEQUIM (Reuters) - Os futuros do minério de ferro na China desabaram quase 5% nesta quinta-feira, na maior queda percentual diária em quatro semanas, à medida que um fraco consumo de aço antes de feriados no país e um pedido do governo por uma menor produção siderúrgica neste ano pesaram sobre a matéria-prima.

A Associação de Ferro e Aço da China disse que as importações de aço do país continuarão a avançar em 2021 e encorajou a compra de produtos primários de aço para mitigar os efeitos de uma menor produção de aço este ano, solicitada pelo governo.

A associação também sugeriu que o governo que melhore políticas associadas a aliviar a dependência chinesa de importação de matérias-primas do aço como o minério de ferro.

Os futuros mais negociados do minério de ferro na bolsa de Dalian, para entrega em maio, fecharam em queda de 4,8%, a 986 iuanes (152,14 dólares) por tonelada. Eles chegaram a desabar 5,5% mais cedo na sessão.

O vergalhão de aço para construção na bolsa de futuros de Xangai caiu 1,7%, para 4.275 iuanes por tonelada, também com o recuo na demanda antes do feriado de Ano Novo Lunar.

(Por Min Zhang e Shivani Singh)