Mercado abrirá em 8 h 18 min
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,21
    -0,05 (-0,07%)
     
  • OURO

    1.814,50
    -7,70 (-0,42%)
     
  • BTC-USD

    38.612,46
    -1.161,66 (-2,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    941,46
    -19,44 (-2,02%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.081,72
    +49,42 (+0,70%)
     
  • HANG SENG

    25.987,16
    -248,64 (-0,95%)
     
  • NIKKEI

    27.541,21
    -239,81 (-0,86%)
     
  • NASDAQ

    14.970,75
    +18,00 (+0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1233
    -0,0208 (-0,34%)
     

Minério de ferro caminha para 7º trimestre seguido de ganhos em Dalian

·1 minuto de leitura

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - Os contratos futuros do minério de ferro negociados em Dalian caminham para o sétimo trimestre consecutivo de ganhos, embora uma queda nas margens de lucros das usinas siderúrgicas chinesas tenha pressionado as cotações nas últimas sessões de junho.

Nesta quarta-feira, o contrato mais negociado do minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian, para entrega em setembro, fechou em queda de 0,7%, a 1.165 iuanes (180,50 dólares) por tonelada, acumulando perda de 14,2% desde a máxima recorde atingida em 12 de maio.

Ainda assim, o preço do minério caminha para terminar o trimestre com ganho de cerca de 20%, ajudado pelo rali de maio.

A demanda robusta pela matéria-prima siderúrgica na China, maior produtora de aço do mundo, empurrou os preços do minério de ferro para máximas recordes, em um rali também desencadeado pelo que autoridades chinesas classificaram como um excesso de especulações no mercado.

Agora, o alto custo das matérias-primas, combinado com a redução da demanda por produtos de aço na China, estão pressionando as margens de lucro das siderúrgicas, disseram analistas.

"Os preços do aço caíram de forma acentuada desde as máximas de maio", disse Robert Rennie, head de estratégias em mercados financeiros da Westpac. "Com o carvão coque em máximas de dois anos e o minério de ferro perto de níveis recordes, a lucratividade das usinas colapsou."

(Reportagem de Enrico Dela Cruz, em Manila)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos