Mercado abrirá em 7 h 43 min

Minério de ferro cai com problemas imobiliários na China no foco

Terminal de minério de ferro no porto de Dalian, China

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro nas bolsas de Dalian e Cingapura caíram nesta quarta-feira, com a crise envolvendo incorporadoras na China, maior produtora de aço do mundo, superando a melhora das margens nas usinas.

O contrato de minério mais negociado para setembro na Dalian Commodity Exchange da China encerrou uma sessão de negociações voláteis em queda de 0,8%, a 786,50 iuanes (116,44 dólares) a tonelada.

Na Bolsa de Cingapura, o contrato do ingrediente siderúrgico para o próximo mês caiu 1,5%, para 113 dólares a tonelada, estendendo as perdas para uma quarta sessão.

O sentimento ficou instável após os sólidos ganhos do minério de ferro na semana passada. Uma pesquisa privada mostrou na segunda-feira que os preços das casas novas na China e o volume de vendas caíram em julho em relação ao mês anterior.

O mercado imobiliário da China, que já enfrenta uma crise de dívida e uma demanda fraca, foi ainda mais abalado recentemente por um boicote às hipotecas.

Analistas disseram que é improvável que a confiança seja restaurada rapidamente, apesar do apoio do governo à indústria.

O setor imobiliário em dificuldades da China e a meta de descarbonização do país, que envolve o corte da produção anual de aço pelo segundo ano consecutivo, continuam sendo as principais preocupações dos traders de minério de ferro, embora a recuperação das margens do aço ofereça suporte.

(Por Enrico Dela Cruz em Manila)ne

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos