Mercado abrirá em 8 h 19 min
  • BOVESPA

    116.134,46
    +6.097,67 (+5,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.429,75
    +802,95 (+1,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,79
    +0,16 (+0,19%)
     
  • OURO

    1.708,60
    +6,60 (+0,39%)
     
  • BTC-USD

    19.608,76
    +494,59 (+2,59%)
     
  • CMC Crypto 200

    446,35
    +11,00 (+2,53%)
     
  • S&P500

    3.678,43
    +92,81 (+2,59%)
     
  • DOW JONES

    29.490,89
    +765,38 (+2,66%)
     
  • FTSE

    6.908,76
    +14,95 (+0,22%)
     
  • HANG SENG

    17.079,51
    -143,32 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.967,43
    +751,64 (+2,87%)
     
  • NASDAQ

    11.397,75
    +112,00 (+0,99%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,0785
    +0,0046 (+0,09%)
     

Minério de ferro cai após salto nos estoques chineses de aço

(Bloomberg) -- O minério de ferro encerrou a semana em forte queda após um salto nos estoques de aço chineses em plena alta temporada de construção no país.

O ingrediente siderúrgico voltou a ser negociado abaixo de US$ 100 a tonelada em Singapura, com tombo de 5% na semana, mesmo após já terem transcorrido duas semanas dos dois meses de pico de demanda no país.

Os preços já caíram mais de 40% desde a máxima de março. Quem apostou que o mercado de minério sairia do buraco nos meses de setembro e outubro, quando normalmente a construção e vendas de imóveis se aquecem na China, agora se depara com dados que mostram que os preços de imóveis caíram pelo 12° mês consecutivo em agosto, e a queda se acelerou.

Um salto nos estoques de aço também mina as esperanças de uma melhora da demanda. Eles aumentaram 7% no início de setembro em relação ao final de agosto, e estão 51% acima dos níveis do início do ano, segundo dados da Associação de Ferro e Aço da China.

Com o consumo fraco, as siderúrgicas estão reduzindo os embarques “para evitar desequilíbrio de oferta e demanda”, disse a Kallanish Commodities. As usinas também enfrentam pressões de custo.

“A produção de aço aumentou em setembro, mas permanece bem abaixo dos níveis normais”, disseram analistas do Australia & New Zealand Banking Group. “Qualquer sinal de que a atividade continua deprimida pode renovar a pressão.”

Apesar disso, a Vale, segunda maior produtora mundial de minério de ferro, disse acreditar que, com o setor enfrentando dificuldades de oferta, o mercado “só pode melhorar”.

O minério caiu até 3.2%, para US$ 97.50 a tonelada, na sexta-feira em Singapura.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.