Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.404,62
    +441,28 (+1,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Minério de ferro avança com aposta em maior demanda na China

·2 min de leitura

(Bloomberg) -- O preço do minério de ferro estendeu ganhos e avançou pelo terceiro pregão consecutivo. A perspectiva para a demanda dessa matéria-prima para fabricação de aço melhora após um 2021 turbulento.

Os contratos futuros em Singapura saudaram o novo ano com um ganho de 4,4% no início do pregão. Os investidores se animaram com a contínua expansão da atividade nas fábricas da Ásia no mês passado e esperam aumento da produção de aço na China no final de fevereiro.

“As expectativas do mercado sinalizam que a produção doméstica de aço dará um salto após as Olimpíadas de Inverno de Pequim”, quando as restrições à produção devem ser parcialmente retiradas, afirmou Atilla Widnell, diretor-gerente da Navigate Commodities, em relatório. A produção siderúrgica e a demanda de minério de ferro ainda devem diminuir na China este ano, porém a política monetária mais flexível e os sinais de que incorporadoras imobiliárias endividadas serão resgatadas devem atenuar a desaceleração, explicou o especialista.

O minério de ferro acumula alta de aproximadamente 5% desde 29 de dezembro. Os mercados de Dalian e Xangai ficaram fechados nesta segunda-feira por causa de feriado.

Pequim deve implementar estímulos fiscais e política monetária relativamente flexível para conter a freada econômica após a promessa do presidente Xi Jinping de enfrentar os riscos que podem atrapalhar a marcha de desenvolvimento do país. Isso deve ajudar a demanda por minério de ferro, que despencou a partir do meio do ano passado e começou a se recuperar em meados de novembro.

Ainda assim, as políticas ambientais provavelmente continuarão sendo fator importante para esse setor que é grande fonte de poluição do ar na China. O consumo de carvão em setores como o siderúrgico será rigorosamente limitado para reduzir as emissões de carbono, de acordo com o plano quinquenal para matérias-primas divulgado na semana passada.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos