Mercado fechará em 2 h 27 min
  • BOVESPA

    110.193,89
    +1.706,01 (+1,57%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.841,95
    +323,65 (+0,63%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,77
    -0,51 (-0,46%)
     
  • OURO

    1.846,00
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    30.105,69
    +40,97 (+0,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    675,64
    +0,77 (+0,11%)
     
  • S&P500

    3.963,21
    +61,85 (+1,59%)
     
  • DOW JONES

    31.863,05
    +601,15 (+1,92%)
     
  • FTSE

    7.513,44
    +123,46 (+1,67%)
     
  • HANG SENG

    20.470,06
    -247,18 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    27.001,52
    +262,49 (+0,98%)
     
  • NASDAQ

    11.938,50
    +97,75 (+0,83%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1334
    -0,0194 (-0,38%)
     

Minério de ferro atinge mínima de quase 2 meses na China por preocupações com juros e demanda

Trabalhadores no porto de Yingkou

PEQUIM (Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro negociados na China chegaram a cair até 7% nesta terça-feira, atingindo seu menor nível em quase dois meses, alimentados por preocupações com taxas de juros mais altas e demanda ainda estagnada no mercado chinês.

O Federal Reserve aprovou um aumento da taxa de juros de 0,5 ponto percentual na semana passada e disse que poderia manter a alta nas próximas duas ou três reuniões e, em seguida, avaliar como a economia e a inflação estão respondendo antes de decidir se mais aumentos são necessários.

"Isso levou a um declínio significativo nos preços das commodities denominadas em dólares americanos, como o minério de ferro", escreveram analistas da GF Futures em nota.

Enquanto isso, as margens de lucro apertadas das produtoras de aço e controles gerais da produção de aço reduziram aumentos de produção e prejudicaram a demanda por ingredientes para a fabricação de aço, segundo a nota.

Os futuros de minério de ferro mais ativos na bolsa de commodities de Dalian da China, para entrega em setembro, chegaram a cair até 7% na sessão, para 756 iuanes (112,71 dólares) por tonelada, o menor nível desde 16 de março. Os contratos encerraram em queda de 4,1%, a 779 iuanes por tonelada, registrando perdas pelo terceiro dia consecutivo.

Na bolsa de Cingapura, o contrato de minério de ferro mais negociado para junho caiu 3,1%, para 123,45 dólares a tonelada.

Os futuros de carvão metalúrgico de Dalian recuaram 2,1%, para 2.610 iuanes por tonelada, e os preços do coque caíram 1,9%, para 3.343 iuanes por tonelada.

O banco central da China disse na segunda-feira que aumentará o apoio diante da desaceleração da economia, enquanto observa de perto a inflação doméstica e monitora ajustes de políticas em economias desenvolvidas.

(Por Min Zhang em Pequim e Enrico Dela Cruz em Manila)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos