Mercado fechará em 3 h 54 min

Minério de ferro amplia rali com esperanças de demanda na China

Minério de ferro no porto de Zhoushan, China

Por Enrico Dela Cruz

(Reuters) - Os contratos futuros do minério de ferro avançaram nesta sexta-feira e caminhavam para seu terceiro aumento semanal consecutivo, com os últimos movimentos da China, maior produtora mundial de aço, para sustentar sua economia em declínio abrilhantando as perspectivas de demanda.

As expectativas de que Pequim adotará mais políticas para apoiar a economia, depois de flexibilizar algumas de suas rígidas regras de contenção da Covid-19 e revelar novas medidas para ajudar um setor imobiliário em dificuldades, contribuíram para o bom humor.

O minério de ferro mais negociado para janeiro na Dalian Commodity Exchange da China encerrou o comércio diurno com alta de 3,3%, a 753,50 iuanes (105,76 dólares) a tonelada. No início da sessão, o contrato atingiu o nível mais alto desde 1º de agosto, a 757,50 iuanes.

"As políticas de estímulo (da China) elevaram as expectativas de preço do minério de ferro", disseram analistas da Huatai Futures em nota.

Na Bolsa de Cingapura, o minério de ferro de referência de dezembro subiu 2,1% para 98,95 dólares a tonelada.

A China aperfeiçoou sua estratégia de Covid-zero, que causou danos econômicos significativos, mesmo com o aumento do número de novas infecções.

"Regras de quarentena mais flexíveis sugerem que o fim das restrições está mais próximo do que pensávamos", disseram estrategistas de commodities do ANZ em nota.

(Por Enrico Dela Cruz em Manila)