Mercado abrirá em 9 h 42 min

Minério e commodities saltam com Covid Zero mais brando na China

(Bloomberg) -- O minério de ferro e quase todas as commodities, do petróleo ao cobre, saltaram depois que a China afrouxou algumas restrições contra Covid.

Aumentaram as esperanças de uma recuperação da demanda na segunda maior economia do mundo após a notícia de que a China reduziu o tempo de quarentena para viajantes e contatos próximos de pessoas infectadas, um ajuste significativo da política Covid Zero.

Os futuros de minério de ferro negociados em Singapura subiram até 8,2% e o petróleo teve alta de quase 4% em Nova York. Cobre, metais preciosos e commodities agrícolas também avançaram.

As notícias da China fortaleceram um rali dos mercados que começou em Wall Street após os dados de inflação americana abaixo do esperado e a perspectiva de aumentos de juros menos agressivos do Federal Reserve.

Um indicador do dólar contra seus principais pares caiu acentuadamente em relação à máxima de 2022 nos últimos dias, o que também ajuda a melhorar a demanda pelas commodities precificadas na moeda.

“Os otimistas estavam esperando por esse gatilho”, disse Daniel Hynes, estrategista sênior de commodities do Australia and New Zealand Banking Group. “Esses dois eventos podem ser suficientes para eliminar todos os vendidos e estabelecer um rali forte e sustentado.”

Na China, as commodities industriais como cobre e aço dispararam.

O zinco saltou mais de 5% e liderou os ganhos na London Metal Exchange, enquanto o alumínio avançou 3,8%. Em Chicago, a soja teve o maior aumento intradiário em um mês.

Os investidores estão atentos a sinais de que Pequim afrouxará suas políticas restritivas, que azedaram uma alta anterior dos preços.

A notícia “alimentará ainda mais a especulação sobre um relaxamento mais amplo das medidas de controle de Covid na China, o que é positivo para energia e commodities”, disse Vandana Hari, fundadora da Vanda Insights em Singapura.

A flexibilização ocorre em um momento em que os casos de Covid em todo o país aumentaram, com grandes surtos em Guangzhou e Pequim.

Mesmo assim, alguns no mercado estavam menos otimistas. Embora o relaxamento das regras seja um passo na direção certa, o salto nos preços do petróleo parece uma reação exagerada, já que a China provavelmente seguirá sua política Covid Zero, disse Warren Patterson, chefe de estratégia de commodities do ING em Singapura.

“É difícil ver uma forte recuperação nas viagens internacionais e, como resultado, na demanda, até que todas as restrições de quarentena sejam retiradas”, disse Patterson.

--Com a colaboração de Winnie Zhu, Jasmine Ng, Liz Ng, Yongchang Chin e Eddie Spence.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.