Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,47
    +0,03 (+0,04%)
     
  • OURO

    1.763,80
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    61.935,02
    +567,92 (+0,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.430,53
    -21,11 (-1,45%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.277,50
    -13,00 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3916
    +0,0001 (+0,00%)
     

Minério avança com melhora das margens de usinas e produção

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Os futuros do minério de ferro ampliaram os ganhos, impulsionados pelo aumento das margens do vergalhão em siderúrgicas chinesas, o que melhora o cenário para a demanda.

Most Read from Bloomberg

Os preços deram um salto de 10% em Singapura, e agora a matéria-prima mostra alta de cerca de 50% desde uma mínima em setembro. Investidores continuam a pesar a demanda de outono na China contra os riscos da crise de energia que abala os mercados de commodities.

As margens do vergalhão na China aumentaram no final de setembro, segundo pesquisa da Mysteel com 91 usinas de alto-forno no país. Segundo a consultoria, a produção diária de aço bruto no início de outubro deve crescer 0,6%, para 2,6 milhões de toneladas, em relação ao fim de setembro.

“A produção de aço deve subir em outubro em algumas partes da China, como Tangshan, Jiangsu, Zhejiang e Anhui, depois que essas regiões excederam os cortes de produção de aço em setembro”, afirmou Vivek Dhar, analista de commodities do Commonwealth Bank of Australia, em relatório. “A produção de novembro nas usinas afetadas pode igualar ou exceder os níveis de outubro.”

As restrições à produção de aço na China podem diminuir rumo a 2022 para atender à forte demanda, disse a CEO da Fortescue Metals, Elizabeth Gaines, durante o Financial Times Mining Summit na semana passada. O mercado de minério de ferro está muito “robusto”, embora os preços tenham caído recentemente devido à desaceleração do setor imobiliário e à redução da produção de aço, acrescentou a executiva.

Os estoques de minério de ferro nos portos da China aumentaram 0,2% na semana passada em meio ao feriado da Semana Dourada, segundo o Steelhome, um site do setor siderúrgico chinês. Enquanto isso, a China enfrenta fortes chuvas e inundações, o que paralisou 60 das 682 minas de carvão na província de Shanxi, agravando a crise energética que ameaça a economia do país.

O mau tempo na semana passada dificultou o transporte de minério de ferro com origem nos portos do interior, o que resultou no aumento dos estoques, de acordo com a Dayue Futures. A reposição de estoques de usinas em Tangshan que retomaram parte da produção vai ajudar a demanda do minério de ferro no curto prazo, embora o mercado ainda busque sinais de que as restrições serão flexibilizadas.

Os futuros em Singapura subiram 10%, para US$ 137,25 a tonelada. Os preços em Dalian avançaram 4,8%.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos