Mercado fechará em 2 h 52 min

Minério atinge US$ 120 com melhora de margens de usinas chinesas

(Bloomberg) -- O minério de ferro chegou a superar US$ 120 a tonelada com a recuperação das margens das siderúrgicas chinesas, que ajudou a aliviar as preocupações com uma contração inesperada na atividade industrial do país em julho.

O ingrediente siderúrgico subiu até 5,2% em Singapura na segunda-feira. A melhora nas margens das usinas aumentou as esperanças de que a capacidade de produção possa ser retomada mais rapidamente do que o esperado, apesar da demanda ainda lenta.

O salto nos preços do minério de ferro ocorre mesmo quando o índice oficial de gerentes de compras industriais da China caiu para 49, contra 50,2 em junho, após novos surtos de Covid. O índice de gerentes de compras de aço da China caiu para seu nível mais baixo desde 2008, embora as novas encomendas de produtos siderúrgicos tenham se mantido estáveis.

Enquanto isso, as principais incorporadoras do país viram suas vendas de imóveis despencarem ainda mais em julho, com queda perto de 40% em relação a um ano atrás. A crise que assola o setor imobiliário levou o presidente executivo da China Iron & Steel Association, He Wenbo, a pedir que a capacidade produtiva da siderurgia seja ajustada, indicando que mais cortes de aço podem ocorrer.

Os futuros de minério em Singapura chegaram a atingir US$ 120,95 a tonelada, antes de reduzirem os ganhos e voltarem para cerca de US$ 114.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos