Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.427,98
    -339,48 (-0,26%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.170,78
    +40,90 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,04
    -0,04 (-0,05%)
     
  • OURO

    1.778,10
    -5,30 (-0,30%)
     
  • BTC-USD

    32.821,72
    -990,61 (-2,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    788,77
    -21,43 (-2,64%)
     
  • S&P500

    4.241,84
    -4,60 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.874,24
    -71,34 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.074,06
    -15,95 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    28.880,27
    +63,20 (+0,22%)
     
  • NIKKEI

    28.912,38
    +37,49 (+0,13%)
     
  • NASDAQ

    14.298,50
    +35,50 (+0,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9262
    -0,0023 (-0,04%)
     

Millennials são mais adeptos das criptomoedas do que as demais gerações

·3 minuto de leitura
Millennials são mais adeptos das criptomoedas do que as demais gerações
Millennials são mais adeptos das criptomoedas do que as demais gerações

As pessoas que nasceram entre 1981 e 1996, também conhecidas como geração Y ou millennials, são as que mais utilizam criptomoedas. Isso é o que indica uma nova pesquisa da Piplsay, que contou com a participação de 5.061 indivíduos acima de 18 anos.

O estudo também identificou que 88% dos investimentos em criptomoedas foram realizados por pessoas com curso superior ou mestrado.

Leia mais:

Resultados obtidos

De acordo com o estudo, 49% dos millennials afirmaram possuir alguma criptomoeda, enquanto a proporção entre seus predecessores da geração X (nascidos entre 1965 e 1980) e sucessores da geração Z (nascidos entre 1997 e 2010) foi de 38% e 13%, respectivamente.

Além disso, a geração Y é mais propensa a usar moedas digitais como forma de pagamento, com 53% dizendo que é muito provável que comprem produtos ou serviços dessa maneira, em comparação com 40% das pessoas da geração X e somente 7% dos indivíduos da geração Z.

Os Millennials são mais adeptos das criptomoedas
Os Millennials são mais adeptos das criptomoedas que as demais gerações. Foto: Shutterstock

Considerando que o millennial mais novo tem 25 anos, é muito provável que as pessoas dessa geração já possuam cartão de crédito ou utilizem carteiras digitais para fazer transações, tendo mais maturidade e conhecimento para utilizar criptomoedas. Enquanto isso, a faixa etária da geração Z flutua entre 6 e 24 anos, com a maioria dos mais velhos começando a entrar apenas agora na área das finanças pessoais.

“Os millennials estão crescendo nativamente com a tecnologia Web 2.0 – isto é, móvel – e Web 3.0 (tecnologia cripto). Eles entendem intuitivamente carteiras digitais e baús do tesouro [treasure chests], que fazem parte de muitos jogos que os jovens da geração Y jogaram, como Fortnite e Minecraft”, explica Kurt Kumar, vice-presidente de marketing da Rocketfuel Blockchain.

A relevância de Elon Musk entre millennials e criptomoedas

Outra possibilidade para o entusiamo dos millennials em relação às criptomoedas é justamente o interesse do bilionário Elon Musk neste tópico. Uma outra pesquisa também realizada pela Piplsay indicou que 41% das pessoas da geração Y e 35% da geração X acompanham os tuítes de Musk, em comparação com 24% da geração Z.

Adicionalmente, metade dos millennials deste segundo estudo afirmaram que fizeram ou consideraram fazer investimentos baseados nos posts do CEO da SpaceX no Twitter.

Musk possui uma forte presença na rede social e não há dúvidas de que seus comentários, e até mesmo memes, ajudaram a aumentar a conscientização sobre criptografia de forma geral, assim como sobre o Dogecoin, criptomoeda que começou como uma piada.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Uma pesquisa realizada pela Harris Poll em conjunto com o CouponCabin apontou que 89% dos americanos já ouviram falar de criptomoedas e, enquanto 71% conheciam bitcoin, apenas 21% sabiam o que era é ethereum, moeda digital que só perde para o bitcoin em termos de valor de mercado. O dogecoin veio na frente do ethereum, com 29% dos participantes já tendo ouvido falar na criptomoeda.

“A percepção anormalmente alta do dogecoin (29%) me leva a acreditar que a relevância cultural fornecida por Elon Musk sobre a criptomoeda certamente lhe deu uma vantagem. Embora o ethereum pareça ter mais utilidade no longo prazo, o dogecoin foi memeficado e ganhou o apoio de Musk, aumentando seus ganhos e proporcionando visibilidade adicional”, diz Andrew Gretchko, vice-presidente de comunicações da CouponCabin.

Via: Yahoo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos