Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.305,22
    +250,32 (+1,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

MicroStrategy acumula US$ 1 bilhão em perdas após queda do Bitcoin

Michael Saylor, fundador e CEO da MicroStrategy, e moedas de Bitcoin.
Michael Saylor, fundador e CEO da MicroStrategy, e moedas de Bitcoin.

A MicroStrategy, empresa pública com o maior número de BTC em caixa, está com uma perda não realizada de US$ 1 bilhão (R$ 5,1 bi) devido a forte queda do Bitcoin nesta semana. Apesar disso, seu fundador e CEO, Michael Saylor, segue confiante no futuro do Bitcoin.

Com 129.218 BTC em caixa, adquiridos por um preço médio de US$ 30.700, a aposta da MicroStrategy no Bitcoin também refletiu no preço de suas ações. Nesta segunda-feira (13), as ações da MicroStrategy amanheceram com queda de 26% após o BTC cair 22% enquanto os mercados acionistas estavam fechados.

Além disso, a queda do Bitcoin para US$ 22.600 nesta manhã é outro agravante para a empresa de Saylor. Afinal, a mesma recebeu um empréstimo, usando Bitcoin como garantia, para comprar mais BTC. Sendo assim, a MicroStrategy pode receber uma chamada de margem caso o preço atinja os US$ 21.000.

Entretanto, Saylor já afirmou que a MicroStrategy não venderá seus bitcoins, podendo adicionar mais garantias para manter o empréstimo em aberto.

Ações da MicroStrategy em forte queda

Muitas empresas iniciaram esta segunda-feira (13) no vermelho devido ao medo da inflação nos EUA e ações do Fed. Entretanto, a MicroStrategy teve uma queda ainda mais notável devido a sua exposição no Bitcoin.

Com o Bitcoin caindo 22% no final de semana, as ações da MicroStrategy (MSTR) abriram as negociações com uma queda de 26% nesta manhã. O motivo é a grande exposição da empresa ao Bitcoin.

Embora o Bitcoin já tenha ajudado as ações da MicroStrategy no ano passado, enquanto subia, hoje tal criptomoeda é responsável por uma perda não realizada de US$ 1 bilhão (R$ 5,1) da empresa.

Com 129.218 BTC em caixa, adquiridos por um preço médio de ~30.700 dólares, tais bitcoins foram um investimento de US$ 4 bilhões pela MicroStrategy. Entretanto, hoje o valor destes bitcoins chegou ao seu menor patamar, de apenas 3 bilhões de dólares.

Michael Saylor segue confiante

Apesar da queda do Bitcoin, Michael Saylor, fundador e CEO da MicroStrategy, segue confiante no futuro da criptomoeda. Na semana passada, o bilionário afirmou que o Bitcoin só possui dois destinos: zero ou US$ 1 milhão de dólares, sendo impossível que o primeiro cenário ocorra.

Já nesta segunda-feira (13), Saylor tuitou a frase “No Bitcoin nós confiamos”, bem como mudou a sua foto de perfil no Twitter, ainda usando olhos a laser.

“Os olhos do laser proclamam uma tecnologia para garantir os direitos humanos da vida, liberdade e propriedade,” afirmou Saylor em outra oportunidade. “Os olhos a laser canalizam a ação ao mesmo tempo que protegem de distrações diluidoras. Olhos de laser sinalizam intenção de fazer Bitcoin um instrumento de empoderamento econômico.”

Portanto, o simples ato de mudar sua foto de perfil é um lembrete de que o Bitcoin está barato. Afinal, não há outro ativo que vise tanto a liberdade e a prosperidade quanto o Bitcoin.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos