Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    34.430,96
    +674,21 (+2,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Microsoft Teams oferecerá experiência intimista para reuniões entre 2 pessoas

·2 minuto de leitura

Lançado em meados do ano passado, o modo Juntos foi uma iniciativa do Microsoft Teams para deixar as pessoas mais próximas ao simular um ambiente virtual. A ideia era ajudar na transição do modelo de trabalho presencial para o home office sem tanto impacto. De fato, pode ser mais interessante se ver ao lado de uma pessoa em um restaurante do que apenas como uma imagem estática na tela.

Agora, a Microsoft está fazendo ajustes na plataforma para levar o recurso para reuniões com menos de cinco pessoas. Será possível compartilhar o mesmo espaço virtual, como uma sala de aula ou um café, em videoconferências com equipes de todos os tamanhos ou até em chamadas individuais (um para um).

O modo Juntos agora será liberado para conferências menores (Imagem: Reprodução/OnMSFT)
O modo Juntos agora será liberado para conferências menores (Imagem: Reprodução/OnMSFT)

Isso significa que essa modalidade deve ser usada por muito mais usuários e de modo não necessariamente profissional, como conversas com amigos ou familiares. Além disso, também deve estimular a utilização por quem trabalha com pequenas equipes ou em microempresas.

Com o nome de Together, em inglês, o sistema usa segmentação de inteligência artificial (IA) para colocar digitalmente os participantes em um plano de fundo compartilhado, fazendo parecer que todos estão sentados na mesma sala, com todos os outros membros da reunião ou aula. Os fundos são personalizáveis de acordo com a necessidade do usuário e podem até reproduzir o seu antigo ambiente de trabalho.

Por enquanto, a expansão só está rodando na versão de desenvolvedor do Teams e ainda restrito aos testadores da ferramenta. Em geral, para acessar o modo de desenvolvimento é só clicar na página "Sobre", no menu de três pontos, e autorizar o acesso. Se o perfil estiver atrelado a uma empresa, pode ser que o gestor da organização tenha bloqueado o acesso a esse recurso — neste caso, não há o que fazer.

Não há uma data específica para a liberação da funcionalidade para todos, mas a expectativa é que isso ocorra em breve. Assim que a Microsoft divulgar uma previsão, o Canaltech trará a novidade em primeira mão.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos