Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.259,49
    -831,51 (-0,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.579,10
    -329,10 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,53
    -0,62 (-0,86%)
     
  • OURO

    1.818,70
    -42,70 (-2,29%)
     
  • BTC-USD

    38.223,79
    -2.082,72 (-5,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    961,10
    -31,37 (-3,16%)
     
  • S&P500

    4.223,70
    -22,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.033,67
    -265,63 (-0,77%)
     
  • FTSE

    7.184,95
    +12,47 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.436,84
    -201,66 (-0,70%)
     
  • NIKKEI

    29.291,01
    -150,29 (-0,51%)
     
  • NASDAQ

    13.905,50
    -75,75 (-0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0594
    -0,0026 (-0,04%)
     

Microsoft Teams concederá acesso offline a arquivos compartilhados

·1 minuto de leitura

A Microsoft prepara um novo recurso que pode ajudar (e muito) a rotina de quem trabalha remotamente, mas convive com uma internet instável. O Teams, a plataforma de colaboração corporativa da gigante, conseguirá abrir arquivos compartilhados pelos colegas mesmo quando estes estiverem desconectados.

Uma vez abertos, os arquivos compartilhados por você ou por colegas poderiam ser consultados sem internet. A novidade foi encontrada no cronograma oficial de desenvolvimento da Microsoft e, como de costume, pouco descreve como o recurso funcionará quando entrar em ação.

A novidade não só é uma solução para pessoas com conexão instável, como também deve ajudar a visualizar o conteúdo compartilhado de forma mais rápida quando conectado, já que deve estar armazenado na memória do dispositivo. Se funcionar como outros aplicativos, a Gigante de Redmond teve se apoiar na memória cache ou dados do Microsoft Teams para resgatar o conteúdo visualizado.

Detalhes como o tempo em que esses arquivos serão armazenados, se a visualização offline permitirá visualizar páginas não consultadas na primeira vez e qual o limite de arquivos que podem ser salvos não foram revelados.

Não está claro, também, quais dispositivos receberão a novidade. O anúncio cita o Android como um dos destinos, portanto, o app do Microsoft Teams para celulares com o sistema do robozinho deve ter suporte para a ferramenta em algum momento.

Ademais, a visualização de arquivos offline ainda não tem data para ser disponibilizada aos usuários, mas deve acontecer em algum momento de 2021. Quando for liberado, é provável que a Microsoft detalhe o recurso nas observações do pacote e, considerando sua aplicação no dia a dia, a companhia também deve destacá-lo através de uma notificação.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: