Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,90 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,75 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +0,03 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +11,40 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    19.501,24
    +237,21 (+1,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,86 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,11 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,38 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    -0,75 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5595
    +0,0539 (+0,98%)
     

Microsoft Store abre portas para mais apps e exibirá anúncios

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A lista de espera para distribuir aplicativos Win32 na Microsoft Store enfim acabou. Nesta terça, durante o Microsoft Build 2022, a dona do Windows anunciou que a loja aceitará qualquer aplicativo, sem antes precisar passar por um crivo.

Basicamente, se você tem um app no formato Win32, bastaria colocá-lo na loja para começar a distribuição. Isso torna a adoção da loja ainda mais atrativa para desenvolvedores, uma vez que não é necessário esperar pela avaliação da Microsoft para iniciar a distribuição na plataforma.

Outra novidade da loja foi a inclusão de anúncios: programadores poderão pagar para que seus aplicativos apareçam em destaque em determinados resultados de pesquisa, algo que pode impulsionar o número de downloads. Os anúncios devem ser restritos à Microsoft Store, não afetando outras áreas do sistema.

Anúncios colocam o aplicativo em destaque na loja, semelhante ao que acontece na Play Store e na App Store (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Anúncios colocam o aplicativo em destaque na loja, semelhante ao que acontece na Play Store e na App Store (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Além disso, aplicativos listados na loja começarão a aparecer na Pesquisa do SO. Em um exemplo, a Microsoft mostra o app Spotify disponível para download na plataforma ao pesquisar pelo programa.

Aplicativos distribuídos pela loja aparecerão como resultados de pesquisa no Windows 11 (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Aplicativos distribuídos pela loja aparecerão como resultados de pesquisa no Windows 11 (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Restauração em novo PC

Por fim, outra importante adição foi a restauração de aplicativos em novos computadores. Semelhante ao que acontece no celular, um novo computador com Windows conectado a sua conta Microsoft baixará todos os programas que estavam instalados na máquina anterior, facilitando o processo de migração entre máquinas.

Naturalmente, isso só funciona com aplicativos adquiridos na Microsoft Store. Portanto, programas baixados pelo navegador (ou outras fontes) ainda precisam ser pesquisados e instalados manualmente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos