Mercado fechará em 23 mins
  • BOVESPA

    124.791,59
    -1.355,06 (-1,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.198,06
    -42,45 (-0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,02
    +0,11 (+0,15%)
     
  • OURO

    1.802,30
    -3,10 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    32.237,38
    -60,87 (-0,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    779,47
    -14,27 (-1,80%)
     
  • S&P500

    4.411,93
    +44,45 (+1,02%)
     
  • DOW JONES

    35.052,38
    +229,03 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.086,75
    +158,25 (+1,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1411
    +0,0209 (+0,34%)
     

Microsoft revelará primeira reformulação do Windows em seis anos

·2 minuto de leitura

Por Stephen Nellis

(Reuters) - A Microsoft exibirá nesta quinta-feira a primeira grande reformulação de seu sistema operacional Windows desde 2015.

O software que transformou a Microsoft em um nome popular e dominou os computadores pessoais por anos foi ultrapassado por dispositivos que usam sistemas da Apple e do Google, mas ainda é essencial para a força da Microsoft no mercado corporativo.

A atualização do sistema operacional também pode agradar os usuários finais, que ajudaram a impulsionar as vendas de PCs de forma acentuada no ano passado em razão dos impactos das medidas de isolamento social.

Os analistas esperam que o sucessor do Windows 10 seja chamado de Windows 11 e traga atualizações para usuários corporativos que podem torná-lo mais fácil de usar com configurações de monitor duplo. Ele também pode conter atualizações para jogadores de PC, outra importante base de usuários da Microsoft.

A companhia também pode dar mais detalhes sobre seus planos para uma Windows Store renovada.

A empresa recentemente cortou as comissões sobre os jogos vendidos na loja para 12%, abaixo dos 15% que recebe em aplicativos regulares, e tem sido uma crítica vocal da App Store, da Apple, que cobra comissões de 30% e exige que os desenvolvedores usem os sistemas de pagamentos da própria Apple.

O Windows continua sendo uma das maiores plataformas do mundo da tecnologia, com o segmento de computação pessoal da Microsoft respondendo por 48,2 bilhões de dólares de seus 143 bilhões em receita no último ano fiscal.

O Windows 10, a versão mais recente, tem 1,3 bilhão de usuários, quase a base total de dispositivos instalados da Apple de 1,65 bilhão de usuários, mas menos da metade dos 3 bilhões de usuários do Android, da Alphabet.

Entre os PCs e laptops, o Windows perdeu parte do mercado em 2020 para os Chromebooks do Google, já que as escolas optaram por dispositivos mais baratos para o aprendizado online, mas ainda manteve mais de 80% do mercado, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado IDC.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos