Mercado abrirá em 6 h 10 min
  • BOVESPA

    129.264,96
    +859,61 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,66
    0,00 (0,00%)
     
  • OURO

    1.783,80
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    32.572,32
    -149,08 (-0,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    782,13
    -68,22 (-8,02%)
     
  • S&P500

    4.224,79
    +58,34 (+1,40%)
     
  • DOW JONES

    33.876,97
    +586,89 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.062,29
    +44,82 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    28.435,97
    -53,03 (-0,19%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.133,50
    +3,50 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9743
    -0,0010 (-0,02%)
     

Microsoft parece estar preparando lançamento do Windows 11

·4 minuto de leitura

Nesta quarta-feira (02), a Microsoft finalmente agendou o evento em que apresentará a “próxima geração do Windows”. Poupando detalhes sobre o que será anunciado, a companhia cultiva a empolgação para o evento e, segundo alguns indícios, pode dar espaço para o que seria o Windows 11.

Embora tenha dito que o Windows 10 seria a última versão do sistema operacional, Redmond pode ter mudado de ideia ao longo do tempo. Como observado pelo The Verge, a publicação que revelou o evento da companhia sugere que algo como o Windows 11 pode estar a caminho.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Curiosamente, a animação escolhida pela Microsoft mostra a logo do Windows permitindo a passagem de luz, mas sem projetar a sombra das barras horizontais. O resultado é a formação de duas barras, divididas somente pela linha vertical da janela, compondo o que seriam dois números “1”.

Se isso for abstrato demais para supor que o Windows 11 está a caminho, a escolha peculiar de horário para a apresentação reforça a suspeita. Apresentações do Windows ou de produtos do ecossistema Surface não costumam acontecer às 11 horas da manhã, portanto a decisão também pode estar sugerindo a novidade.

A evidente empolgação de executivos da companhia, da mesma forma, reitera que grandes mudanças estão a caminho. O executivo da Microsoft Yusuf Mehdi comentou que nunca esteve tão ansioso por uma “nova versão do Windows” desde o Windows 95. A menção do termo “versão” em seu tweet pode não ter sido acidental, tampouco a comparação com o lançamento atual com a estreia da antiga versão do SO.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

De forma semelhante, o CEO da Microsoft Satya Nadella não esconde sua expectativa pela próxima versão do sistema operacional — ou, pelo menos, pela grande atualização do Windows 10 que está por vir. Segundo ele, este seria o maior update do Windows dos últimos dez anos.

“Eu a experimentei nos últimos meses e estou muito empolgado pela nova geração do Windows”, disse o presidente-executivo durante o recente Build 2021. A escolha de palavras, mais uma vez, pode ter sido intencional.

A adição do subsistema Linux seria um dos grandes atrativos para desenvolvedores (Imagem: Divulgação/Microsoft)
A adição do subsistema Linux seria um dos grandes atrativos para desenvolvedores (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Windows 11 vem aí?

Se a Microsoft finalmente vai lançar uma nova versão do Windows, grandes mudanças visuais devem estar a caminho. Coincidentemente, a atualização Sun Valley (atualmente em testes) antecipa que alterações significativas estão sendo preparadas para o Windows 10.

Até agora, a comunidade que integra o ambiente de testes observou que ícones do Explorador de Arquivos foram totalmente refeitos. Ademais, um antigo pacote de figuras largado sem qualquer alteração desde o Windows 95 finalmente foi redesenhado, indicando que as novidades da vez são, pelo menos, mais profundas do que o normal.

Ícones do Explorador de Arquivos foram totalmente redesenhados na versão de testes (Imagem: Divulgação/Microsoft)
Ícones do Explorador de Arquivos foram totalmente redesenhados na versão de testes (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Vale lembrar que a versão do SO focada em tablets e notebooks híbridos, o Windows 10X, foi cancelada pela Microsoft recentemente. No mesmo dia em que liberou a atualização do mês de maio para o sistema principal, a empresa revelou que o desenvolvimento do projeto paralelo foi suspenso.

O Windows 10X era composto por um sistema familiar, mas com adaptações visuais para rodar em dispositivos portáteis. Um menu Iniciar inédito, barra de tarefas repaginada, novos ícones de sistema e uma nova área de notificações eram algumas das mudanças mais evidentes.

Barra de tarefas mais informativa foi uma das adições da versão de testes (Imagem: Divulgação/Microsoft)
Barra de tarefas mais informativa foi uma das adições da versão de testes (Imagem: Divulgação/Microsoft)

Em vez de lançar o projeto como um sistema único, a Microsoft optou por integrar seus frutos em outros produtos. A cara nova, a experiência reformulada de digitação por voz e o teclado por toque modernizado, portanto, podem estar em preparação para embarcar no carro chefe da companhia, o Windows para desktop.

Nenhuma dessas suspeitas foi comentada ou desmentida pela Microsoft, o que é um hábito da companhia em relação aos rumores que circulam na internet. Novidades concretas sobre a próxima versão do Windows 10 — ou, quem sabe, o Windows 11 — serão apresentadas no dia 24 de junho, às 12h no horário de Brasília. Quando o dia chegar, você poderá conferir tudo que foi anunciado aqui no Canaltech.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos