Mercado fechado
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,01 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,49 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,03
    -0,10 (-0,19%)
     
  • OURO

    1.867,70
    +1,80 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    29.543,80
    +113,85 (+0,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    580,17
    -99,73 (-14,67%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,39 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,74 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.629,68
    -127,18 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.391,00
    -4,50 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5128
    +0,0044 (+0,07%)
     

Microsoft finalmente lança ferramenta para recuperação de arquivos excluídos

Felipe Ribeiro
·1 minuto de leitura

Sabe quando excluímos algumas coisas em nossos computadores sem querer, ou quando rola aquele arrependimento de ter se livrado de algum arquivo? Pois bem, parece que a Microsoft ouviu as preces desses desajeitados e lançou sua própria ferramenta para recuperar arquivos no Windows, o Windows File Recovery.

O Windows File Recovery é um aplicativo de linha de comando que recupera uma variedade de arquivos e documentos de discos rígidos locais, unidades USB e até cartões SD de câmeras. Porém, a recuperação de arquivos no armazenamento em nuvem ou no compartilhamento de arquivos de rede não é suportada. Como qualquer ferramenta desse tipo, você precisará usá-la o mais rápido possível nos arquivos excluídos para garantir que eles não sejam substituídos.

Leia Também: Microsoft não vai mais deixar usuários adiarem atualizações do Windows 10

A ferramenta de recuperação de arquivos da Microsoft terá modos de assinatura disponíveis. Um deles deve ser um modo padrão projetado principalmente para sistemas de arquivos NTFS, que recuperará arquivos de um disco corrompido ou após a formatação. Já o segundo modo de assinatura provavelmente será a opção mais popular, permitindo que os usuários recuperem arquivos específicos nos sistemas de arquivos FAT, exFAT e ReFS, mas com mais tempo de trabalho.

<em>Imagem: Reprodução/Microsoft</em>
Imagem: Reprodução/Microsoft

De acordo com a Microsoft, você poderá usar a nova ferramenta para recuperar arquivos MP3, vídeos MP4, documentos PDF, imagens JPEG e documentos típicos do Word, Excel e PowerPoint. Para obter a novidade, siga este link.

Fonte: Canaltech