Mercado abrirá em 2 h 23 min
  • BOVESPA

    107.829,73
    -891,85 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.335,51
    -713,54 (-1,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,22
    +1,08 (+1,40%)
     
  • OURO

    1.897,70
    +12,90 (+0,68%)
     
  • BTC-USD

    23.206,56
    +260,77 (+1,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,17
    +9,22 (+1,75%)
     
  • S&P500

    4.164,00
    +52,92 (+1,29%)
     
  • DOW JONES

    34.156,69
    +265,67 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.922,92
    +58,21 (+0,74%)
     
  • HANG SENG

    21.283,52
    -15,18 (-0,07%)
     
  • NIKKEI

    27.606,46
    -79,01 (-0,29%)
     
  • NASDAQ

    12.759,25
    -17,50 (-0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5834
    +0,0063 (+0,11%)
     

Microsoft fará aportes "multibilionários" para turbinar produtos com ChatGPT

O ChatGPT tem sido a grande sensação quando falamos em inovação no mercado de inteligência artificial (IA) nos últimos meses. A facilidade de uso, aliado a um poderoso aprendizado de máquina e precisão nas respostas aos comandos de usuários têm aberto muitas possibilidades nas mais variadas frentes. E gigantes que vem automatizando seus produtos e serviços, a exemplo da Microsoft, ficaram muito interessadas nessa tecnologia.

E que era um rumor há algumas semanas foi se concretizando por meio de notícias de bastidores e agora é oficial: a Microsoft, que vem participando do grupo de investidores na organização sem fins lucrativos OpenAI, dona do ChatGPT, anunciou que fará investimentos “multibilionários” para agregar funcionalidades turbinadas pela tecnologia em seus produtos. Não há detalhes, porém, sobre as cifras dos aportes.

“Formamos nossa parceria com a OpenAI em torno de uma ambição compartilhada de promover com responsabilidade a pesquisa de ponta em IA e democratizar a IA como uma nova plataforma de tecnologia”, confirmou em comunicado da Microsoft o CEO da companhia, Satya Nadella. A própria OpenAI também admitiu a parceria, dizendo que a injeção de verba da Gigante de Redmond será utilizada nos próximos anos para tornar o desenvolvimento da IA “cada vez mais segura, útil e poderosa”.

ChatGPT na suíte Office

A expectativa do mercado é que a Microsoft consiga aprimorar todas os produtos que já possuem funcionalidades turbinada por IA com o uso de ChatGPT em aplicativos populares, a exemplo de Microsoft Word, Microsoft Excel, Microsoft PowerPoint e outros que fazem parte da suíte Office. E mais: a novidade também poderia aumentar o poder as atividades relacionadas ao Outlook.

Como todo mundo tem visto nas últimas temporadas, a Microsoft tem dedicado seu portfólio para os consumidores corporativos, e a expectativa dos especialistas de mercado é que a companhia junte todo o poder de sua nuvem Azure com o aprendizado de máquina e as facilidades de uso e precisão do ChatGPT — o que poderia trazer diversas ferramentas para aplicativos e serviços direcionados para empresas.

Vale destacar que o anúncio do investimento vem em um momento em que a empresa tem enxugado a máquina e buscado opções de monetização de serviços e produtos. A companhia recentemente admitiu que pretende demitir cerca de 10 mil funcionários em um plano de corte de despesas, que também envole investimentos em “áreas estratégicas para o futuro” — e, nos bastidores, essa projeção tem como grande destaque os avanços relacionados à IA.

As maiores preocupações da Microsoft em relação ao ChatGPT, por enquanto, são as mesmas de muita gente que tem se admirado e ao mesmo tempo se assustado com a tecnologia. Isso porque a fidelidade, riqueza de vocabulário e precisão com que o ChatGPT pode escrever textos tem causado questionamentos sobre autenticidade de conteúdo, entre outras perguntas relacionadas à segurança — temas que devem estar entre os debates da IA nos próximos meses.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: