Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,47
    +0,21 (+0,29%)
     
  • OURO

    1.816,30
    -5,90 (-0,32%)
     
  • BTC-USD

    39.500,01
    -843,70 (-2,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    951,68
    -9,21 (-0,96%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.081,72
    +49,42 (+0,70%)
     
  • HANG SENG

    26.235,80
    +274,77 (+1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    14.968,75
    +16,00 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1197
    -0,0683 (-1,10%)
     

Microsoft está do ‘lado certo’ de batalha antitruste, diz CEO

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O diretor-presidente da Microsoft, Satya Nadella, disse que a empresa “está do lado certo da história” no debate se grandes empresas de tecnologia abusam da privacidade de usuários e esmagam a concorrência.

Enquanto o Congresso e reguladores dos Estados Unidos confrontam Facebook, Alphabet, Amazon.com e Apple sobre as práticas de negócios das empresas, a Microsoft não recebeu o mesmo tipo de escrutínio mais de 20 anos depois de ser processada pelo Departamento de Justiça dos EUA sobre questões antitruste.

A empresa de software “garante” a privacidade do usuário e a segurança na Internet estão entre suas maiores prioridades para produtos “e, quando se trata de concorrência, quero dizer que você deve conversar com as pessoas que estão investindo muito capital, e muitas fusões e aquisições estão competindo com a Microsoft, e isso é bem-vindo”, disse Nadella na quarta-feira em entrevista à Bloomberg Television.

Na entrevista, o CEO da Microsoft também falou sobre as ameaças à segurança cibernética, o futuro do trabalho remoto e a rivalidade da empresa com o Google, da Alphabet.

Nadella disse estar preocupado com a onda de invasões de hackers nos últimos meses, que incluiu ataques de ransomware que afetaram as operações de uma grande empresa de oleodutos nos EUA.

“Temos outra pandemia real, que é a pandemia cibernética”, disse o executivo. “O nível de ataques com certeza aumentou, mas a necessidade de nossa resposta ser de primeira linha também. Apenas temos que melhorar como indústria.”

Nadella também discutiu tensões com o Google, após o fim de um cessar-fogo de cinco anos entre as duas empresas, que concordaram mutuamente em não fomentar iniciativas de lobby uma contra a outra. O executivo disse que “tem muito respeito” pelo Google e sua liderança.

“Estamos lutando pelo bom combate para competir contra uma liderança colossal nesse espaço”, disse sobre as vendas de publicidade digital, que são lideradas pelo Google e Facebook.

Nadella comentou a proposta da Microsoft para a política de trabalho remoto, enfatizando a importância da flexibilidade e acomodando mudanças de expectativas na esteira da pandemia do coronavírus. Ele conversou com a Bloomberg Television depois de participar da conferência Inspire da Microsoft para parceiros, onde a empresa, entre seus anúncios, revelou uma versão baseada em nuvem do Windows voltada para trabalhadores remotos.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos