Mercado fechará em 4 h 45 min
  • BOVESPA

    99.145,18
    +191,28 (+0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.257,52
    +514,37 (+1,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,26
    +1,83 (+1,69%)
     
  • OURO

    1.809,00
    +7,50 (+0,42%)
     
  • BTC-USD

    19.860,61
    +787,58 (+4,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    430,20
    +10,06 (+2,40%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,86 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.245,62
    +76,97 (+1,07%)
     
  • HANG SENG

    21.830,35
    -29,44 (-0,13%)
     
  • NIKKEI

    26.153,81
    +218,19 (+0,84%)
     
  • NASDAQ

    11.553,75
    -57,50 (-0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5228
    -0,0359 (-0,65%)
     

Microsoft Edge traz melhoria para matar definitivamente o Internet Explorer

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Microsoft decidiu jogar uma pá de cal na sepultura do Internet Explorer ao trazer novidades importantes para o navegador Edge. Durante a conferência Build 2022, a companhia anunciou o WebView2 disponível com a estrutura .Net MAUI, que oferecerá carregamento mais rápido para páginas, melhor estrutura para receber aplicativos da web e outros ajustes.

Segundo a companhia, essas adições foram pensadas para ajudar os desenvolvedores na transição do falecido IE para o programa mais recente. O Internet Explorer será encerrado em definitivo no dia 15 de junho de 2022.

Além de incentivar a migração por usuários comuns, a Microsoft agora garante a troca definitiva para os desenvolvedores (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Além de incentivar a migração por usuários comuns, a Microsoft agora garante a troca definitiva para os desenvolvedores (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Essa não chega a ser uma baita novidade para o usuário comum, que já abandonou o IE há tempos por soluções baseadas no Chromium, como o Google Chrome e o próprio Edge, que já tem a segunda maior base de usuários do planeta. No entanto, o Microsoft Edge WebView2 traz um salto fundamental para desenvolvedores, que não precisarão mais trabalhar em compatibilidade com versões anteriores para manter aplicativos da web e serviços corporativos, criados para rodar no IE, em execução.

Superioridade do Edge em números

Além dessa vantagem, o WebView2 também é ideal para criar experiências de navegação incorporadas. Conforme explicou a Microsoft, em testes realizados pela Cerner Corporation, o programa teve um desempenho significativamente melhor do que o Internet Explorer 11.

Esses são alguns dados divulgados:

  • Tempo de renderização reduzido em 85%

  • Utilização de CPU 33% menor

  • Uso de memória RAM 32% inferior

Os dados são todos do comparativo entre o Edge e o Internet Explorer. Se já não havia muitos argumentos para defender o uso do moribundo navegador, imagine agora que a Microsoft aprimorou tudo de vez.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos