Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    114,13
    -0,07 (-0,06%)
     
  • OURO

    1.825,10
    +11,10 (+0,61%)
     
  • BTC-USD

    30.127,85
    -933,02 (-3,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    674,80
    +432,12 (+178,06%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.464,80
    +46,65 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    19.950,21
    +51,44 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    26.541,34
    -5,71 (-0,02%)
     
  • NASDAQ

    12.292,00
    +47,25 (+0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2687
    -0,0118 (-0,22%)
     

Microsoft Edge terá serviço de VPN nativo e gratuito

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Em mais um reforço, o Microsoft Edge anunciou a implementação de uma VPN nativa e gratuita, fornecida em colaboração com a Cloudflare. Chamado “Microsoft Edge Secure Network”, o recurso criptografa dados enviados e recebidos durante a navegação, prevenindo rastreamento online por criminosos ou provedores de internet.

O serviço ainda não está disponível, mas de acordo com a descrição fornecida pela MS, ele seria bem parecido com o Cloudflare 1.1.1.1: ao ser ativado, o Edge substitui a comunicação tradicional por rotas criptografadas, independentemente da proteção do protocolo de destino. Em essência, é quase como uma VPN, permitindo, inclusive, acessar conteúdo bloqueado no país de origem.

O Microsoft Edge Secure Network protege a comunicação do usuário com o site de destino com criptografia (Imagem: Reprodução/Microsoft)
O Microsoft Edge Secure Network protege a comunicação do usuário com o site de destino com criptografia (Imagem: Reprodução/Microsoft)

“Ao criptografar seu tráfego da web diretamente do Microsoft Edge, ajudamos a impedir que seu provedor de serviços de internet colete seus dados de navegação, como detalhes sobre quais sites você visita”, explica a Microsoft na página de suporte.

Todo mês, usuários de contas Microsoft recebem 1 GB de banda para utilizar nessa VPN do Edge — portanto, é necessário fazer login para utilizar a ferramenta. Segundo a Microsoft, nem ela e nem a Cloudflare armazenam os dados de navegação durante o uso da ferramenta.

Cada usuário com conta Microsoft recebe até 1 GB de dados para uso na VPN nativa (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Cada usuário com conta Microsoft recebe até 1 GB de dados para uso na VPN nativa (Imagem: Reprodução/Microsoft)

É uma adição grande, então a Microsoft dedicou uma página de suporte inteira para explicar como ativá-la no navegador. Por enquanto, porém, nem mesmo testadores do Edge Dev ou Edge Canary podem acessar o serviço, já que ele sequer foi implementado.

Um navegador recheado

Embora o Microsoft Edge esteja com má fama de ser abarrotado de adições desnecessárias, uma VPN integrada não é um extra inédito no segmento. O Opera, por exemplo, já oferece uma ferramenta parecida há algum tempo (também de forma gratuita) e a Mozilla, dona do Firefox, também inaugurou um serviço próprio do gênero.

Não há previsão para o lançamento do Microsoft Edge Secure Network, mas é fato que testadores poderão experimentá-lo primeiro. Quando isso acontecer, provavelmente a distribuição acontecerá por atualização.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos