Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.591,41
    -172,59 (-0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.435,45
    +140,65 (+0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,27
    +0,51 (+0,46%)
     
  • OURO

    1.820,30
    -0,90 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    20.292,47
    -423,54 (-2,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    439,46
    -10,60 (-2,35%)
     
  • S&P500

    3.821,55
    -78,56 (-2,01%)
     
  • DOW JONES

    30.946,99
    -491,31 (-1,56%)
     
  • FTSE

    7.323,41
    +65,09 (+0,90%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,47 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    26.808,36
    -241,11 (-0,89%)
     
  • NASDAQ

    11.678,25
    +4,00 (+0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5436
    -0,0005 (-0,01%)
     

Microsoft Edge poderá sincronizar dados com o Chrome frequentemente

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Microsoft Edge agora pode importar dados de outros navegadores com mais frequência. Uma função encontrada recentemente faz com que o program sincronize dados do seu principal concorrente, o Chrome, toda vez em que é aberto.

Na prática, o recurso torna a migração para o Edge bem mais rápida, já que o usuário não precisa se lembrar de fazer a importação toda vez que trocar de navegador. A ferramenta sincroniza senhas, histórico, Favoritos, abas recentemente abertas e outros detalhes entre os dois programas.

Anteriormente, a importação de dados existia no navegador, mas o processo era único e manual — ou seja, o usuário precisava solicitar a importação sempre que precisasse. A coleta de dados única é compatível com praticamente todos os concorrentes, enquanto a sincronização recorrente suporta apenas o Chrome.

Ainda em distribuição

Aparentemente, a função estava disponível para alguns usuários, mas agora foi liberada para mais contas. O recurso está disponível em "Perfis" e "Sincronizar dados de navegador", dentro de "Configurações".

Numa versão experimental do navegador, a Edge Canary, a Microsoft prepara uma reformulação desta seção para dar mais destaque ao recurso — e, provavelmente, disponibilizá-lo para mais pessoas. A mudança foi encontrada na versão 104 do Edge que, se tudo correr bem, deve ser liberada para o público geral em cerca de três meses.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos