Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.979,96
    +42,09 (+0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.789,31
    +417,33 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,34
    -0,15 (-0,23%)
     
  • OURO

    1.869,50
    +1,50 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    42.625,46
    -1.081,24 (-2,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.206,81
    -46,33 (-3,70%)
     
  • S&P500

    4.127,83
    -35,46 (-0,85%)
     
  • DOW JONES

    34.060,66
    -267,13 (-0,78%)
     
  • FTSE

    7.034,24
    +1,39 (+0,02%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.214,25
    +2,25 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4307
    +0,0006 (+0,01%)
     

Microsoft Edge Beta já está disponível para Linux

Alveni Lisboa
·1 minuto de leitura

A Microsoft anunciou hoje o lançamento do Canal Beta do navegador Microsoft Edge para usuários do Linux. A ferramenta oferece uma experiência de visualização mais estável do Microsoft Edge para as plataformas construídas sobre o sistema de código aberto.

Segundo a empresa, a meta é lançar atualizações importantes para o navegador a cada seis semanas. Todas as novas versões incorporam melhorias compiladas pelos desenvolvedores da Microsoft e divulgadas para conhecimento da comunidade.

A empresa também oferece aos desenvolvedores a possibilidade de checar em primeira mão as novidades trabalhadas no Edge. O Canal Dev oferece os builds mais recentes disponíveis para o Linux, o que permite constante atualização sobre o progresso do trabalho em tempo real, à medida que ele acontece — neste caso, as atualizações são semanais.

O que são os canais do Edge?

Os canais são abertos pela Microsoft para aproximar a equipe de criação dos desenvolvedores do mercado. A ideia é garantir que estes profissionais possam testar o software antes de ele ser disponibilizado para as versões finais.

(Imagem: Reprodução/Microsoft)
(Imagem: Reprodução/Microsoft)

Eles são parte do programa Insiders e podem ser fechados quando se atinge a capacidade máxima. O ingresso neles é fundamental para quem desenvolve aplicações voltadas para o navegador da companhia, o que permite antecipar, conhecer e propor mudanças para não se pego de surpresa com o lançamento de novos recursos que impactem no seu software.

É possível fazer o download direto do pacote no formato Debian/Ubuntu (DEB) ou Fedora/OpenSUSE (RPM).





Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: