Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.094,22 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,95 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,26
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.801,00
    -0,80 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    34.638,31
    +653,51 (+1,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,15 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,82 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.110,50
    +12,50 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1227
    +0,0011 (+0,02%)
     

Microsoft e Google darão grandes poderes ao "copia e cola" de Edge e Chrome

·2 minuto de leitura

O Chrome e o Edge podem receber um enorme reforço na ferramenta “copia e cola” em breve. A Microsoft e o Google colaboram no desenvolvimento de melhorias para a área de transferência que possibilitariam transferir arquivos com formatos proprietários (como DOCX e XLSX, de Word e Excel) para sites da internet de maneira rápida e prática usando o Ctrl + C/Ctrl + V.

Atualmente, você pode carregar o “copiar” do computador com texto, imagens e outros formatos. A área de transferência permite que o utilizador leve, por exemplo, uma imagem da do WhatsApp Web para outro programa sem precisar baixar a imagem.

O que as gigantes pretendem fazer, porém, é expandir essa funcionalidade para outros formatos e tornar a área de transferência ainda mais relevante. Segundo uma publicação no GitHub, as companhias querem que a função seja capaz enviar arquivos do computador para web apps (e vice-versa).

A solução para essa questão estaria em aprimoramentos da API Pickling for Async Clipboard. Se implementadas pelo desenvolvedor da página web, o site seria capaz de receber e fornecer arquivos diversos com o copiar e colar, assim como já faz com imagens.

Um exemplo de facilidade que essa adição proporcionaria seria anexar documentos mantidos no Explorador de Arquivos do Windows 10 para o Google Docs sem precisar passar pelo Drive. O contrário também funcionaria, como colar um arquivo do Drive em um documento do Word.

Não é de hoje que a Microsoft quer aprimorar a integração do Windows com páginas da web, e colaborar com o Google no desenvolvimento da ferramenta também não é uma surpresa — o Edge usa o motor de código aberto da Gigante das Pesquisas, o Chromium. Garantir que o recurso chegue para o Google é uma das formas de levar a ferramenta para o navegador da casa. Ambas, portanto, sairiam ganhando.

Reforço chega em boa hora

Recentemente, o Canaltech reportou que o gerenciador da área de transferência do Windows 11 foi absurdamente melhorada. A função agregou menus anteriormente separados, facilitando o processo de envio de texto e outros arquivos entre aplicativos.

Área de transferência aprimorada do Windows 11 (Imagem: Douglas Ciriaco/Canaltech)
Área de transferência aprimorada do Windows 11 (Imagem: Douglas Ciriaco/Canaltech)

Com a API devidamente implementada, os usuários também poderiam aproveitar as facilidades dessa área de transferência renovada na navegação web. O processo seria tão simples e intuitivo como é no celular, mas usando o atalho Tecla do Windows + V no PC.

Em todo caso, vale mencionar que a adição é somente uma API. Isso implica que a estreia da ferramenta depende da implementação por parte dos desenvolvedores e, além disso, por se tratar de uma novidade ainda em construção, levará um tempo até que ela comece a funcionar.

Se você é programador e quer acompanhar a elaboração da área de transferência aprimorada, é interessante dar uma olhada na publicação do GitHub, bem como no fórum do Google.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos