Mercado fechará em 3 h 53 min
  • BOVESPA

    103.382,89
    +2.608,32 (+2,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.318,20
    +311,04 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,78
    -0,79 (-1,20%)
     
  • OURO

    1.765,30
    -19,00 (-1,06%)
     
  • BTC-USD

    57.284,07
    -1.370,78 (-2,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.463,62
    +24,74 (+1,72%)
     
  • S&P500

    4.560,06
    +47,02 (+1,04%)
     
  • DOW JONES

    34.458,79
    +436,75 (+1,28%)
     
  • FTSE

    7.133,63
    -35,05 (-0,49%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.983,75
    +114,00 (+0,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3807
    -0,0661 (-1,03%)
     

Microsoft testa correção de bug que afetava antivírus Kaspersky no Windows 11

·1 min de leitura

Não demorou para a Microsoft experimentar correções para o bug que "quebra" programas antivírus após uma reparação ou atualização com o Windows Installer. Reconhecido pela Microsoft há quase duas semanas, o erro afeta principalmente softwares da Kaspersky no Windows 11 na versão KB5007215, lançada no início de novembro, e em algumas versões do Windows 10.

Embora a solução seja importantíssima para manter os usuários seguros, a Microsoft ainda respeitou o período experimental e lançou a correção para membros do programa Windows Insider. Os testadores do canal Release Preview (“Prévia de lançamento”, em português) e Beta receberam o pacote primeiro.

O Windows 11 e algumas versões do Windows 10 foram afetados pelo bug que impedia reparações ou atualizações de softwares Kaspersky (Imagem: Reprodução/Samsung)
O Windows 11 e algumas versões do Windows 10 foram afetados pelo bug que impedia reparações ou atualizações de softwares Kaspersky (Imagem: Reprodução/Samsung)

Bugou aí? Reinstalar o programa resolve

Até o momento, a única solução para os usuários impactados é fazer uma nova instalação do programa defeituoso. O processo não é o ideal, já que pode limpar dados importantes, mas é menos problemático para a rotina do que os erros que causavam a tão temida Tela Azul da Morte (BSOD) também encontrados nessa atualização do sistema operacional.

Considerando a agilidade com que a Microsoft preparou uma correção, não deve demorar para que o pacote também seja disponibilizado para o público geral. Não existe previsão para isso, mas é bem provável que seja entregue num dos pacotes rotineiros de terças-feiras.

A atualização deve ser liberada gradativamente entre os testadores do Windows 11. Se você é um deles, é bom ficar atento aos pacotes detectados pelo Windows Update (ou forçar uma nova varredura por ele).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos