Mercado abrirá em 5 h 31 min
  • BOVESPA

    125.675,33
    -610,27 (-0,48%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.634,60
    +290,49 (+0,57%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,29
    -0,33 (-0,45%)
     
  • OURO

    1.834,20
    -1,60 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    39.846,12
    -195,25 (-0,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    946,10
    +15,74 (+1,69%)
     
  • S&P500

    4.419,15
    +18,51 (+0,42%)
     
  • DOW JONES

    35.084,53
    +153,60 (+0,44%)
     
  • FTSE

    7.007,86
    -70,56 (-1,00%)
     
  • HANG SENG

    25.896,05
    -419,27 (-1,59%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.850,50
    -187,25 (-1,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0237
    -0,0168 (-0,28%)
     

Microsoft avança em promoção de gerentes negros nos EUA

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Microsoft, que há um ano prometeu dobrar o número de gerentes e executivos negros e latinos até 2025, mostrou progresso na contratação e promoção de líderes negros e avanços mais lentos entre latinos.

O crescimento mais rápido ocorreu entre gerentes juniores - aqueles abaixo do nível de diretoria -, onde a Microsoft disse que cumpriu 64% da meta fixada para 2025 para funcionários negros que gerenciam equipes, segundo relatório divulgado na segunda-feira. Acima do nível de diretoria, incluindo gerentes e colaboradores individuais, a empresa disse que completou 36% da meta.

O avanço foi mais lento entre líderes latinos, onde a Microsoft afirmou ter atingido 21% da meta para gerentes abaixo do nível de diretoria e 20% para gerentes e colaboradores acima dessa categoria.

A Microsoft não divulgou números para nenhuma das categorias, então não está clara a dimensão de dobrar a proporção desses grupos em termos de funcionários totais ou porcentagem do total de executivos. A empresa disse no ano passado que expandirá o programa de desenvolvimento de liderança em níveis mais baixos na estrutura da gerência, a fim de preparar mais funcionários para o avanço na carreira. Também fortalecerá as medidas para que vice-presidentes e gerentes-gerais cumpram as metas de diversidade ao determinar a remuneração e promoções.

O relatório de diversidade mais recente da fabricante de software, divulgado em outubro de 2020, mostrou ganhos muito modestos na representação de negros e latinos. Os funcionários negros representavam 4,9% da força de trabalho da Microsoft nos Estados Unidos, um aumento de 0,3% em relação ao ano anterior. O total de profissionais latinos também cresceu no mesmo ritmo, para 6,6% da força de trabalho nos EUA. Entre executivos, gerentes e diretores, os números eram ainda menores.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos