Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.541,95
    -1.079,62 (-1,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.524,45
    -537,16 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    105,89
    +0,13 (+0,12%)
     
  • OURO

    1.806,50
    -0,80 (-0,04%)
     
  • BTC-USD

    18.887,57
    -1.320,40 (-6,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,82
    -26,65 (-6,18%)
     
  • S&P500

    3.785,38
    -33,45 (-0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.775,43
    -253,88 (-0,82%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.393,04
    -411,56 (-1,54%)
     
  • NASDAQ

    11.507,25
    -22,25 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5056
    +0,0950 (+1,76%)
     

Microsoft abre primeiro laboratório de Inteligência Artificial na América Latina

Notícia da Microsoft foi confirmada depois de um acordo em Los Angeles (EUA), na Cúpula das Américas
Notícia da Microsoft foi confirmada depois de um acordo em Los Angeles (EUA), na Cúpula das Américas

(Getty Images)

  • Microsoft anuncia a abertura do primeiro laboratório de Inteligência Artificial na América Latina;

  • Uruguai foi escolhido para sediar o terceiro polo da gigante fora dos Estados Unidos;

  • Segundo comunicado, local focará no desenvolvimento de soluções com base em AI e IoT.

A Microsoft anunciou, nesta quinta-feira (9), que escolheu o Uruguai para sediar seu primeiro laboratório de Inteligência Artificial na América Latina. Atualmente, a empresa conta com polos nos Estados Unidos, China e Alemanha.

A notícia foi confirmada pela gigante de tecnologia e pelas autoridades do país depois de um acordo em Los Angeles (EUA), na Cúpula das Américas. Estiveram presentes na reunião Rodrigo Kede Lima, presidente da Microsoft para a América Latina, Omar Paganini, ministro da Indústria do Uruguai, e Luis Lacalle Pou, presidente do Uruguai, que participou virtualmente.

O laboratório, chamado “AI and IoT Insider Lab” terá como foco o desenvolvimento de soluções com base em Inteligência Artificial (AI) e Internet das Coisas (IoT). Tais tecnologias “desempenharão um papel fundamental para ajudar a resolver alguns dos maiores desafios do mundo, desde agricultura e saúde, meio ambiente e educação”, disse a presidência uruguaia em comunicado.

Além disso, o polo será responsável por "mostrar rapidamente às organizações e parceiros de negócios como aproveitar as tecnologias de IA e IoT para visualizar, transformar, inovar e resolver seus desafios de transformação".

Kede Lima destacou o acordo como um exemplo da “grande oportunidade” que a região tem em “acelerar a transformação digital”. O objetivo, segundo Paganini, é permitir que o Uruguai se transforme em um hub de inovação, capaz de promover novas tecnologias e desenvolver soluções com base em inteligência artificial, robótica avançada e realidade virtual.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos