Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,83
    -0,72 (-0,84%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    36.521,94
    -4.097,28 (-10,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

Michelle chora, pula e reage com ‘glória a Deus’ aprovação de Mendonça ao STF

·1 min de leitura

Um vídeo da primeira-dama Michelle Bolsonaro chorando, pulando e agradecendo a Deus pela aprovação de André Mendonça a uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) viralizou nas redes sociais. Ao receber a notícia, Michelle, que é evangélica, comemora com gritos de “glória a Deus”, “aleluia”, e fala em línguas - manifestação comum entre neopentecostais.

O vídeo foi gravado na quarta-feira, quando Mendonça, ministro “terrivelmente evangélico” escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), foi aprovado para uma vaga no STF, após uma campanha de quase cinco meses.

Mendonça também está na sala onde Michelle acompanhou o resultado e levanta os braços celebrando com “glória a Deus” a notícia de sua aprovação. Em seguida os dois se abraçam, chorando.

André Mendonça ocupará a vaga de Marco Aurélio Mello, que se aposentou em julho de 2021. Ele é o segundo indicado por Bolsonaro ao STF. No ano passado, o presidente nomeou Nunes Marques para a Corte.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos