Mercado fechado

Mi Band 5 tem suposto preço vazado e é quase o mesmo da antecessora

Felipe Junqueira

Faltam menos de 24h para a Xiaomi revelar oficialmente tudo sobre a Mi Band 5, aguardada pulseira inteligente da companhia. Na última terça-feira (9), a própria empresa divulgou uma série de pôsteres com algumas características do dispositivo. Agora, temos um rumor sobre o preço que, se confirmado, significa um aumento bem pequeno para a evolução prometida.

O suposto valor apareceu temporariamente na loja Jingdong, que iniciou a pré-venda. Pouco depois, o site removeu o preço e passou a listar como ¥ 9.999, mas não antes de usuários capturarem a imagem com o suposto valor de venda. O preço de varejo seria de ¥ 189, ou cerca de US$ 27 ou R$ 135. A Mi Band 4 foi lançada na China por ¥ 169 (US$ 24 ou R$ 118, segundo a cotação atual) na versão mais simples, sem NFC.

(Imagem: Divulgação/Xiaomi)

O aumento é praticamente insignificante, considerando que a nova pulseira tem tela maior, mais recursos e um novo sistema de carregamento, com um carregador magnético em vez de obrigar o usuário a tirar a caixa e plugar o conector. Caso se confirme, a expectativa é que uma boa quantidade de consumidores troque seu dispositivo este ano.

Claro que estamos falando do valor chinês para a Mi Band 5. É normal a Xiaomi aumentar um pouco o preço em outros mercados, inclusive no indiano, que é relativamente próximo ao brasileiro no quesito disposição de clientes para gastar com esse tipo de produto.

A Mi Band 5 será apresentada oficialmente nesta quinta-feira (11), em um evento na China. O Canaltech trará todas as novidades, então fique de olho por aqui para não perder.

Fonte: Canaltech