Mercado abrirá em 3 h 50 min
  • BOVESPA

    109.786,30
    +2.407,38 (+2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.736,48
    +469,28 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,42
    +0,51 (+1,14%)
     
  • OURO

    1.808,00
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    19.019,62
    +165,64 (+0,88%)
     
  • CMC Crypto 200

    377,45
    +7,70 (+2,08%)
     
  • S&P500

    3.635,41
    +57,82 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.046,24
    +454,97 (+1,54%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    26.640,87
    +52,67 (+0,20%)
     
  • NIKKEI

    26.296,86
    +131,27 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    12.118,00
    +42,00 (+0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4093
    +0,0124 (+0,19%)
     

MGM cogitou lançar 007 Sem Tempo Para Morrer diretamente no streaming

Laísa Trojaike
·2 minuto de leitura

007 - Sem Tempo Para Morrer, o último filme da franquia 007 com Daniel Craig no papel do agente secreto do MI6, era um dos títulos mais aguardados de 2020 e, assim como os demais filmes, sofreu as consequências do fechamento das salas de cinema. Os adiamentos de estreia foram tão prejudiciais, que a MGM considerou seriamente lançar o filme na internet.

Segundo informações do Variety, os executivos da MGM consideraram a possibilidade de vender 007 - Sem Tempo Para Morrer para um serviço de streaming e há rumores de que a Apple TV+ e a Netflix estariam interessadas na compra. A informação, segundo o jornal, surgiu de diversas fontes diferentes, de empresas e estúdios rivais, mas todos tinham o mesmo a dizer: a MGM estava procurando quem pagasse US$ 600 milhões pelos direitos de distribuição do filme.

Isso, no entanto, atrapalharia uma série de outras parcerias firmadas pelo estúdio com outras empresas, com planejamentos de eventos para a estreia e outros acordos com marcas como Land Rover e Heineken. Esse tipo de pendência ajuda a explicar por que muitos filmes não se rendem facilmente ao streaming.

Daniel Craig como 007 em Sem Tempo Para Morrer (Imagem: Reprodução/MGM)
Daniel Craig como 007 em Sem Tempo Para Morrer (Imagem: Reprodução/MGM)

Embora exista sim a questão da qualidade de imagem e de som que o cinema proporciona e que é o ideal para assistir aos filmes, o processo de lançamento de um grande título nos cinemas também é uma oportunidade comercial a ser explorada pelos estúdios que gastaram fortunas para a feitura do filme e que, nessa fase de lançamento, encontram uma das oportunidades de conseguir o retorno financeiro do investimento feito.

O porta-voz da MGM, em entrevista ao Variety, que tentou confirmar as informações fornecidas por suas fontes, disse apenas: “Não comentamos boatos. O filme não está à venda. O lançamento do filme foi adiado até abril de 2021, a fim de preservar a experiência nos cinemas para os espectadores”.

Independente dos motivos, a realidade é que precisaremos esperar até meados de 2021 para saber se 007 - Sem Tempo para Morrer de fato irá estrear em abril ou se sofrerá novas alterações da data de estreia até lá.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: