Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.767,45
    -497,51 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.129,88
    -185,81 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,08
    +0,02 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.778,50
    +1,10 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    31.772,63
    +401,52 (+1,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    748,88
    -45,44 (-5,72%)
     
  • S&P500

    4.246,44
    +21,65 (+0,51%)
     
  • DOW JONES

    33.945,58
    +68,61 (+0,20%)
     
  • FTSE

    7.090,01
    +27,72 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.893,04
    +8,91 (+0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.277,00
    +18,75 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9189
    -0,0009 (-0,02%)
     

Meteoro transforma noite em dia por alguns instantes no Rio Grande do Sul

·2 minuto de leitura
Meteoro transforma noite em dia por alguns instantes no Rio Grande do Sul
Meteoro transforma noite em dia por alguns instantes no Rio Grande do Sul

Um grande meteoro transformou a noite em dia na costa do Rio Grande do Sul no início da noite desta quinta-feira (3) e foi registrado por câmeras da BRAMON, a Rede Brasileira de Observação de Meteoros, e do Clima ao Vivo no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Leia mais:

O fenômeno foi registrado às 19h09 (horário local) pela câmera 2 da estação JJS em Monte Castelo, SC, administrada por Jocimar Justino, por várias câmeras da estação CFJ e do Observatório Heller & Jung, em Taquara, RS, administrada por Carlos Jung, e pela estação FCB1 em Campo Bom, RS, que acaba de ser implantada e é administrada por Fabiano Fetter. Além disso, foi registrado também por 4 Câmeras do Clima ao Vivo no Rio Grande do Sul e uma em Santa Catarina.

Confira os vídeos:

Vários relatos já foram enviados através das redes sociais e da ferramenta de reporte bramon.imo.net. E segundo os relatos, em alguns lugares o brilho do meteoro foi tão intenso que, por alguns instantes, transformou a noite em dia. Essa claridade, pode ser vista no vídeo que foi registrado pela câmera do Observatório Heller & Jung no Balneário Jardim do Éden, RS.

Clarão visto em Jardim do Éden
Clarão visto em Jardim do Éden, RS. Créditos: Dr. Carlos Jung / Obs. Heller & Jung

Análises

A partir da triangulação das imagens captadas pelas câmeras, a BRAMON determinou a trajetória do meteoro. Ele atingiu a atmosfera da Terra em um ângulo de 57,3°, em relação ao solo, e começou a brilhar a 75,9 km de altitude, 28 km a leste de Balneário Pinhal, RS. Seguiu a 58,9 mil km/h na direção noroeste, percorrendo 58,1 km em 3,6 segundos, e desapareceu a 27 km de altitude, a 4 km da costa de Tramandaí, RS.

Trajetória do Meteoro
Trajetória do meteoro. Créditos: BRAMON

Possibilidade de meteoritos

O bólido em seu momento mais luminoso atingiu a magnitude -12.5, equivalente ao brilho de uma Lua Cheia. A partir das análises iniciais, a BRAMON concluiu que o bólido foi gerado por um fragmento de rocha espacial de aproximadamente 25 cm e 33 kg de massa, que foi, em grande parte, vaporizado durante a passagem atmosférica. É possível que algo em torno de 10% dessa massa tenha resistido e chegado em solo em Tramandaí, RS.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos