Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.549,45
    -107,15 (-0,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Meteoro provoca clarão durante a noite no céu de Idaho, nos EUA

·1 minuto de leitura
Meteoro provoca clarão durante a noite no céu de Idaho, nos EUA
Meteoro provoca clarão durante a noite no céu de Idaho, nos EUA

Um vídeo impressionante mostra o momento em que uma bola de fogo iluminou o céu de Idaho, nos Estados Unidos, durante a noite do último sábado. O meteoro mergulhou em direção ao solo por mais ou menos 5 segundos. O brilho foi tão intenso que, por alguns instantes, transformou a noite em dia no estado, segundo informações do site KTVB.

De acordo com a American Mateor Society (AMS), o meteoro também foi visto de outros seis estados: Montana, Nevada, Oregon, Utah, Washington e Wyoming. O fenômeno foi registrado pelas câmeras de Jordan Ragsdale no céu de sua casa.

Milhares de bolas de fogo acontecem todos os dias, mas muitas passam despercebidas, como as que acontecem durante o dia ou sobre o oceano.

A maioria dos meteoros é incinerada pelo calor durante a reentrada em nossa atmosfera e se desintegra antes de chegar ao solo, causando pouco ou nenhum dano. Mas o visto em Idaho pode ter sido grande o suficiente para que pedaços tenham chego ao solo, embora até o momento nenhum tenha sido encontrado.

Os meteoritos são as rochas mais antigas do sistema solar, e acredita-se que o meteorito mais antigo conhecido tenha se formado há 7 bilhões de anos. Isso é mais de 2 bilhões de anos mais velho que o Sol.

Leia também

Quem quiser ver uma bola de fogo ao vivo terá uma boa oportunidade quando acontecer a chuva de meteoros Perseidas, que ocorre entre 17 de julho e 26 de agosto, embora o pico seja entre 11 e 12 de agosto.

Os meteoros Perseidas são um fenômeno anual associado ao cometa Swift-Tuttle. Eles são mais fáceis de ver nas primeiras horas da manhã, antes do amanhecer.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos