Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.865,90
    -50,40 (-2,63%)
     
  • BTC-USD

    23.390,04
    +58,99 (+0,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Metaverso: cresce 750% o interesse das empresas pelo ambiente virtual

Metaverso
Dados foram registrados pela Flex Interativa

(Getty Images)

  • Busca de empresas pelo metaverso cresce 750%

  • Estima-se que esse mercado movimente R$ 4 trilhões em 2024

  • Setor mais interessado é o do varejo

O metaverso tem se consolidado como um ambiente cada vez mais atrativo para as empresas. Somente entre novembro de 2021 e fevereiro de 2022, houve um aumento de 750% na procura pelas soluções oferecidas pela Flex Interativa, uma das maiores companhias de realidade aumentada e metaverso do país.

Leia também:

De acordo com a empresa, o setor mais interessado é o do varejo, voltado para eventos e vendas. Em seguida, aparece a Indústria, especialmente no que diz respeito à qualificação dos colaboradores técnicos e comerciais. As informações são da Exame.

Ascensão do metaverso

Estima-se que, em 2024, esse mercado movimente cerca de US$ 783 bilhões, equivalentes a R$ 4 trilhões, em conversão direta. As projeções foram relatadas em levantamentos da Bloomberg, PWC e Statista.

O aumento das buscas por esse tipo de solução coincide com os anúncios de Mark Zuckerberg sobre pesados investimentos no metaverso e a troca do nome Facebook para Meta.

Desde então, diversas empresas têm manifestado a vontade de garantir um pedaço do ambiente virtual e até gigantes como a Microsoft apostaram no mercado com a compra da desenvolvedora de games Blizzard.

Como funciona o metaverso da Flex

As soluções da empresa permitem que os usuários criem avatares customizáveis e se reúnam para realizar atividades em conjunto. É possível fazer treinamentos, eventos corporativos à distância, se relacionar com clientes e muito mais dentro do metaverso.

A tecnologia é 100% brasileira e não são necessários óculos de realidade virtual. Os planos contam com valores a partir de R$ 2.500.