Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.776,52
    +195,69 (+0,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Metade dos adultos dos EUA está completamente vacinada contra a covid

·1 minuto de leitura
Adolescente recebe a primeira dose da vacina anticovid da Pfizer em Los Angeles, Califórnia, 14 de maio de 2021

Os Estados Unidos superaram, nesta terça-feira (25), a marca de 50% da população adulta totalmente vacinada contra a covid-19, anunciou a Casa Branca.

"Metade de todos os adultos americanos já está completamente vacinada!", anunciou em sua conta do Twitter Cyrus Shahpar, funcionário responsável pelo monitoramento de dados da Casa Branca.

Além disso, mais de 60% dos adultos, ou seja, cerca de 160 milhões de pessoas, já receberam ao menos uma dose de uma das três vacinas autorizadas no país.

Isso significa que essas pessoas receberam as duas injeções necessárias da vacina da Moderna ou da Pfizer/BioNTech, ou a única dose do imunizante da Johnson & Johnson.

Depois de um início lento no final de 2020, a campanha de vacinação em massa foi acelerada pelo governo do presidente democrata Joe Biden, que assumiu o cargo no final de janeiro.

No entanto, o ritmo desta campanha de imunização se desacelerou entre meados de abril e deste mês, quando foi necessário se aproximar mais dos céticos e indiferentes à vacina.

Mais recentemente, no entanto, o número de vacinações diárias começou a aumentar ligeiramente.

A vacinação com o produto da Pfizer se abriu aos adolescentes a partir dos 12 anos há cerca de duas semanas, e foram criados muitos programas de incentivo para as pessoas que foram vacinadas, como sorteios.

Biden estabeleceu a meta de vacinar 70% dos adultos nos Estados Unidos com ao menos uma dose antes do feriado nacional de 4 de julho.

jca-la/dax/mls/llu/aa