Mercado abrirá em 3 h 47 min
  • BOVESPA

    123.576,56
    +1.060,82 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.633,91
    +764,43 (+1,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,57
    +0,01 (+0,01%)
     
  • OURO

    1.810,80
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    37.817,50
    -674,99 (-1,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    923,70
    -19,74 (-2,09%)
     
  • S&P500

    4.423,15
    +35,99 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    35.116,40
    +278,24 (+0,80%)
     
  • FTSE

    7.126,95
    +21,23 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.055,00
    +8,75 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1808
    +0,0153 (+0,25%)
     

‘Mestres do Universo: Salvando Eternia’: cada episódio terá versão com comentários do diretor

·4 minuto de leitura
‘Mestres do Universo: Salvando Eternia’: cada episódio terá versão com comentários do diretor
‘Mestres do Universo: Salvando Eternia’: cada episódio terá versão com comentários do diretor

Kevin Smith, o homem por trás de ‘Mestres do Universo: Salvando Eternia‘, revelou que cada episódio da nova animação da Netflix que continuará a história do clássico desenho protagonizado por He-Man terá uma versão com comentários dele e dos roteiristas envolvidos. O material será lançado no mesmo dia que a série: 23 de julho.

Em um dos podcasts do diretor, ‘Fatman Beyond’, ele conversou com Marc Bernardin, um dos escritores do novo desenho animado, e acabou revelando que o programa ganhará uma versão com comentários para acompanhar cada episódio, visando destacar as pessoas por trás do revival. A série de comentários em áudio foi batizada de ‘Masters of the Universe: Revelation Celebration‘ (‘Mestres do Universo: Celebração da Revelação’, na tradução para português) e apresentará apresentará Smith e o escritor do capítulo em questão discutindo curiosidades, easter eggs e segredos de bastidores.

Esqueleto (Mark Hamill) e He-Man (Chris Wood). Imagem: Netflix/Divulgação
Esqueleto (Mark Hamill) e He-Man (Chris Wood) na nova animação ‘Mestres do Universo: Salvando Eternia‘. Imagem: Netflix/Divulgação

“Eu e Marc [Bernardin] nos reunimos em minha casa e gravamos uma faixa de comentário para um dos episódios de ‘Mestres do Universo: Salvando Eternia’. Foi um bom momento. Então, estamos fazendo uma pequena série chamada ‘Mestres do Universo: Celebração da Revelação’, onde celebramos os escritores do programa. A cada episódio, fazemos o comentário com um escritor do episódio. Já que o Marc fez três, sentamos ontem e fizemos isso. Tim Sheridan, que fez o quarto, veio e fez isso, e na próxima semana, Diya [Mishra] que fez o episódio dois, e Eric [Carrasco] que fez o episódio cinco, virão. E eu sentei sozinho para o meu episódio um”, explicou Smith.

Versões com comentários acompanham séries de TV, filmes e várias outras formas de mídia há anos. O formato decolou quando os DVDs entraram em cena e mudaram a forma como o público podia assistir algo na primeira década do milênio atual. Basicamente, diretores, atores, produtores e etc. reviam ao material e comentavam sobre o que era necessário para dar vida àquele momento específico, permitindo que os espectadores ouvissem as mentes criativas por trás dos projetos e discutissem as complexidades do que eles fazem nos bastidores.

Leia mais:

O recurso era quase padrão para grandes lançamentos em DVD e Blu-ray, mas com o avanço do streaming, as versões com comentários não são mais tão utilizadas. No entanto, Smith não é estranho em divulgar os seus “pitacos” nos próprios projetos, tendo feito um para quase todos os seus filmes. E seus fãs leais sabem o quanto Smith adora falar, já que não falta “auditórios” para ele fazer exatamente isso – o diretor, atualmente, está à frente de três podcasts.

Sobre ‘Mestres do Universo: Salvando Eternia

Com foco no público adulto – mas mesmo assim sendo uma animação dedicada à família, segundo Smith -, a Netflix promete trazer de volta um He-Man mais em sintonia com a versão dos desenhos dos anos 1980 na série ‘Masters of the Universe: Revelation‘. A prévia, revelada durante o evento Geeked Week, mostra que a animação foi modernizada, mas com respeito aos traços originais.

No Brasil, a série produzida por Kevin Smith ganhou o título de ‘Mestres do Universo: Salvando Eternia‘. O trailer (veja acima) apresenta os já personagens conhecidos personagens do desenho em sequências incríveis de batalhas repletas de magia e poderes. E para contemplar a atmosfera dos anos 1980, tudo acontece ao som de ‘Holding Out For a Hero’, música de Bonnie Tyler.

A série será animada pela Powerhouse Animation, estúdio por trás de ‘Castlevania’, e conta com a produção de Rob David, que trabalhou nos quadrinhos do príncipe guerreiro. Com Smith sendo o produtor executivo e showrunner, os cinco episódios iniciais foram escritos por Eric Carrasco (‘Supergirl‘), Tim Sheridan (‘Reign of the Superman’), Diya Mishra (‘Magic the Gathering’) e Marc Bernardin (‘Alphas’).

He-Man, dublado por Chris Wood, em 'Masters of the Universe: Revelation'. Imagem: Netflix/Divulgação
He-Man, dublado por Chris Wood, em ‘Masters of the Universe: Revelation’. Imagem: Netflix/Divulgação

E quanto ao elenco? Bem, o de ‘Mestres do Universo: Salvando Eternia’ é gigantesco, contando com nomes de peso como Mark Hamill (‘Star Wars‘) como o Esqueleto, Lena Headey (‘Game of Thrones‘) como Maligna e Chris Wood (‘Supergirl’) como o Príncipe Adam/He-Man.

Na dublagem, a animação ainda contará com Sarah Michelle Gellar (Tila), Liam Cunningham (Mentor), Stephen Root (Pacato/Gato Guerreiro), Diedrich Bader (Rei Randor e Mandíbula), Griffin Newman (Gorpo), Henry Rollins (Triclope), Susan Eisenberg (Feiticeira), Alicia Silverstone (Rainha Marlena), Justin Long (Roboto), Jason Mewes (Stinkor), Kevin Michael Richardson (Homem-Fera) e Kevin Conroy (Aquático), entre outros. Alan Oppenheimer, que fez a voz original do Esqueleto, também estará na produção da Netflix interpretando o vilão Homem-Musgo.

He-Man, dublado por Chris Wood, em 'Masters of the Universe: Revelation'. Imagem: Netflix/Divulgação
He-Man, dublado por Chris Wood, em ‘Masters of the Universe: Revelation’. Imagem: Netflix/Divulgação

Produzido entre 1983 e 1985 pelo estúdio Filmation, o desenho original de ‘He-Man e os Mestres do Universo’ contou com 130 episódios. Mais tarde, a franquia ganhou duas outras versões: em 1990, do estúdio Dic, e em 2002, pela Mike Young Productions. Há também um filme live action em produção, mas a produção segue estagnada, visto que o então escalado protagonista, Noah Centineo, abandonou o projeto.

A produção de ‘Mestres do Universo’, feita pela Netflix em parceria com a Mattel Television, será dividida em partes. A primeira, que tem o nome de ‘Salvando Eternia’, estreia no dia 23 de julho.

Fontes: Screenrant e CBR

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos